Lambe-botas de Bolsonaro, SBT perde mais audiência que Globo e Record em 2020

SBT
SBT perde audiência em 2020 (Imagem: Divulgação / SBT)

2020 foi um dos piores anos para o SBT. Nenhum programa produzido pela casa surpreendeu a concorrência a ponto de assustá-la. Paralisadas por causa da pandemia, as produções de programas e novelas foram extremamente prejudicadas. O resultado? Péssima audiência.

O canal de Silvio Santos, lambe-botas do Governo Bolsonaro desde antes da pandemia, e com uma ligação mais estreita desde que o presidente recriou o Ministério das Comunicações e colocou Fábio Faria, genro do dono da TV, no comando da pasta, perdeu mais Ibope que Globo e Record no último ano.

Na média das 24 horas, somando todos os dias do ano passado, a Globo perdeu 2% do seu público no PNT (Painel Nacional de TV), a Record caiu 12% e o SBT teve uma queda acentuada de 20%.

Em São Paulo, a emissora da família Marinho cresceu 1%, o canal do bispo Edir Macedo caiu 8%, e a emissora da família Abravanel surpreendeu com um recuo de 21%. As informações são da jornalista Cristina Padiglione, do jornal Folha de S. Paulo.

A única grande novidade do SBT em 2020 foi a chegada da Libertadores. Ainda assim, os jogos de Flamengo e Palmeiras não alcançaram grandes resultados em São Paulo, e ficaram próximos das médias alcançadas pelas novelas infantis reprisadas.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›