Latino lembra climão em festa de Anitta, revela choro e humilhação

Latino
Latino revelou climão que viveu em festa de Anitta (Imagens: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Apesar de já não ser algo recente, ainda dói em Latino a briga que ele teve com Anitta durante uma festa na casa da cantora. Durante sua participação no podcast No Flow, o cantor revelou que foi humilhado há cerca de dois anos pela funkeira.

No papo, o artista contou que estava em uma balada com Nego do Borel, quando os dois foram convidados pela Poderosa para irem até a casa, onde estava tendo uma festinha com alguns estrangeiros, que eram amigos da famosa.

“Achei gentil da parte dela. Alguns anos atrás, ela tinha cantado num aniversário meu, eu praticamente lancei ela nessa festa. Foi um pedido da Kamilla (Fialho), sua empresária na época”, iniciou o cantor.

Já na casa dela, chegaram uns gringos e comecei a desenrolar com eles, ofereci bebida e depois Anitta apareceu com aquele jeito dela, espalhafatosa. Aí um dos gringos perguntou quem eu era. Em inglês, achando que eu não estava entendendo, ela respondeu que eu era um artista brasileiro, meio que desmerecendo, desdenhando”, contou Latino.

Sem esconder a mágoa que sente de Anitta pela ocasião, o músico continuou: “Depois, ela falou uma coisa que me deixou muito chateado. Disse que eu era uma cara da velha guarda, que tinha feito muito sucesso no passado e que estava tentando voltar”.

De acordo com Latino, após ouvir as palavras de Anitta, ele saiu do local chorando na mesma hora:

Nego veio me perguntou por que eu já estava indo e respondi o que eu tinha ouvido. Fui bolado para o carro, confesso que chorei, fiquei tristão. Ela tinha me levado lá para me humilhar. Fui humilhado e fiquei pensando como um ser humano pode mudar tanto”.

Vale lembrar que na mesma entrevista ao podcast, Latino disparou uma fala que chamou a atenção. Na ocasião, o cantor deu a entender que a morte de seu macaco Twelves foi provocada por um “trabalho de macumba” feito contra ele, mas que pegou no animal.

A declaração não passou despercebida e o deputado estadual pelo Rio de Janeiro, Átila Nunes, do MDB, abriu uma denúncia contra o artista no Ministério Público por intolerância religiosa.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›