Lázaro Ramos fala sobre luta contra o racismo e autoestima estética

GloboNews
Lázaro Ramos fala sobre luta contra o racismo e autoestima estética (Imagem: Reprodução / Instagram)

O ano de 2020 foi de muito trabalho para Lázaro Ramos: ele fez participações em Diário de Um Confinado e Amor e Sorte, além de dirigir o especial Falas Negras e entrevistar personalidades da luta antirracista na edição especial de Espelho, no Canal Brasil. Esse leque de atividades inspirou reflexões ao artista multitalentoso.

Sobre o programa que entrevista personalidades como Thelma Assis e o americano Terry Crews, o ator descreveu a intenção da atração, em entrevista à Patrícia Kogut: “Para a gente no fim do ano ter uma reflexão final com pessoas que ofereceram algum caminho. E para que em 2021 tenhamos um ano melhor e mais longe das nossas angústias. Poder não só falar do que aconteceu, mas apontar caminhos para nosso coração sossegar um pouco e a gente entrar 2021 mais forte“.

Citando o especial Falas Negras, que representou grandes nomes da urgente questão racial, Lázaro pontuou: “A gente já convive com esses debates há muito tempo, mas estamos precisando repensar as estratégias, ver o que a gente fez até agora que não funcionou e ter a coragem de mudar a estratégia. Na TV, creio que o “Falas negras” tenha inaugurado algo importante: a chance de ter um tema como este, incômodo, de uma forma mais popular, com mais pessoas assistindo“.

Ao falar da própria vaidade, o famoso repercutiu uma conversa em tom descontraído que aconteceu no Conversa com Bial, em relação à sua aparência: “A minha autoestima na adolescência e na juventude sempre foi muito ligada a conhecimento, a saber. Esteticamente, fui um menino que se escondia. No meu jeito de me vestir, na maneira de abordar uma paquera, eu não tinha muito isso. E acho que esse menino ainda mora muito em mim. Ele não foi embora, não“.

Lázaro Ramos lembrou o adolescente inseguro que foi com o homem seguro de hoje: “Faz parte da terapia libertadora ir gostando mais de mim, brincar com isso, com as pessoas. Mas confesso que até hoje minha maneira de agradar e de seduzir vem muito pelo meu humor e pelo conhecimento que tenho de algumas coisas da vida“.

Quando o pessoal elogia a inteligência, eu peço para elogiar o corpinho também (…) Mas não há como negar que receber elogio de alguém que gosta de você pelo que você é esteticamente é bom, né? A gente gosta“, finalizou o entrevistado, revelando o que também aumenta sua autoestima.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›