Libertadores a partir de 2023 vira dúvida no SBT; Globo tenta recuperar direitos

SBT
Téo José em transmissão ao vivo no SBT; canal de Silvio Santos vai travar batalha por novo ciclo da Libertadores (Imagem: Reprodução / SBT)

O SBT investiu tudo e mais um pouco no esporte do último ano, com a conquista dos direitos de transmissão da Libertadores, Copa América, Champions League, entre outros torneios.

Sobre o campeonato entre clubes da América Latina, a emissora paulista foi surpreendida pelo interesse da Globo antes mesmo da abertura das negociações do próximo ciclo.

Segundo o jornalista Flávio Ricco, do R7, a empresa acertou com a Conmebol a transmissão da Libertadores até 2022. A Globo, correndo por fora, já manifestou interesse no campeonato. No ano passado, a líder de audiência perdeu a competição por causa de uma briga judicial com a entidade sul-americana.

A emissora assegurou uma força indiscutível no campo esportivo, algo reconhecido por todos os concorrentes, incluindo o Plim Plim, mas perdeu terreno no jornalismo, entretenimento e dramaturgia. Os jogos de futebol, principalmente da Libertadores, viraram uma dependência de audiência para a TV.

Substituta

Falando em novela, o SBT confirmou ao RD1 a volta de Carinha de Anjo como substituta de Chiquititas. Foi a maneira que a casa encontrou de continuar com produções próprias na faixa das 21h antes da estreia de Poliana Moça, prevista apenas para o primeiro semestre do ano que vem.

A TV da família Abravanel interrompeu os trabalhos em seus estúdios e na cidade cenográfica em março do ano passado, no início da pandemia do coronavírus. A direção esticou As Aventuras de Poliana o máximo possível e, sem retorno previsto, escalou a reprise de Chiquititas para o horário.

Carinha de Anjo é ambientada na fictícia Doce Horizonte, cidade do interior paulista onde Dulce Maria (Lorena) vive ao lado do tio Padre Gabriel (Alcemar Vieira) e da prima Estefânia (Priscila Sol), apelidada Tia Perucas. Os dois representam o elo da pequena com o mundo externo já que ela reside em um colégio de freiras desde que o pai, Gustavo (Carlo Porto), seguiu para a Espanha, abalado com a morte da esposa Tereza (Lucero). Quando o empresário volta ao Brasil, noivo de Nicole (Dani Gondim), Dulce decide aproximá-lo da noviça Cecília (Bia Arantes).

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›