Luan Santana
Luan Santana abriu o coração sobre a carreira (Imagem: Reprodução / Instagram)

Com 11 anos de carreira consolidada, Luan Santana falou sobre a possibilidade de parar de cantar. Segundo o músico, é algo que costuma passar pelo seu pensamento, juntamente com outras questões relacionadas ao futuro.

“O filme que passa na minha cabeça é onde eu quero chegar. Até onde eu quero ir. Será que eu quero ficar velhinho cantando? Será que eu quero mais um tempo e já está bom? Desacelerar?”, iniciou, em conversa com a Quem.

“Estava até falando com meus pais sobre isso, converso com a Jade também. A gente é ser humano, tem momentos. Pensamos uma coisa uma hora e depois, pensamos outra. Quando eu paro para avaliar esses 11 anos”, avaliou.

“Claro, que sou muito feliz com toda experiência que vivi, tudo que represento para as pessoas — sempre penso até onde quero levar isso!”, admitiu, revelando que ainda não sabe até onde quer chegar.

“É o que estou te falando, não sei. (risos). Eu mudo muito de ideia”, garantiu. Apesar disso, hoje, sua intenção é permanecer cantando. “Agora? Caramba! Agora eu quero cantar muito tempo, quero ficar velhinho fazendo shows”, explicou.

“Claro que depois de um tempo de carreira, a gente pode se dar ao luxo de tirar o pé (do acelerador). Isso é uma coisa que me conforta. Mas ainda não estou conseguindo. Não é problema financeiro, não. É uma coisa que parte de mim”, contou.

“Acho que vou sentir a hora que for para desacelerar. É realmente porque não quero. Porque já daria, né?! Mas ainda tenho muita força, muito gás para mostrar as coisas, mostrar mais de mim”, desabafou.

“Até um tempo atrás, tinha essa vontade de, sei lá, voltar no tempo e aproveitar o que não aproveitei, sabe?! Essas coisas de jovem. Mas depois de um tempo, a gente começa a entender quem realmente a gente é”, refletiu.

“E eu não sou muito disso. Acho que, mesmo que não tivesse estourado com Meteoro em 2009, eu não seria um cara que sairia muito, que viveria em festa. Por saber quem eu sou, minha personalidade”, expôs Luan Santana.

“A gente só se conhece com o tempo, com as experiências de vida. Hoje, não sinto falta disso, não. Não acho que eu perdi muito. Acho que ganhei muito mais!”, comemorou o sertanejo, que não sabe mais como é viver como anônimo.

“Há momentos em que vejo as pessoas indo (viajar com amigos), mas não dá mais para ir como alguém anônimo, normal. Aí, a vontade vem e logo passa. Porque tenho consciência de tudo o que estou construindo, do que já construí e do que vou construir”, adiantou o famoso.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos