Luana Piovani

Luana Elídia Afonso Piovani despontou na mídia trabalhando inicialmente como modelo em agências de São Paulo. Viajou para vários países desfilando por diversas marcas. Sua grande estreia na TV se deu em 1993, na minissérie “Sex Appeal”, da Rede Globo, onde interpretou a personagem Angel.

Depois disso, a carreira deslanchou. Atuou em “Quatro Por Quatro” (1994), Vira-Lata (1996), protagonizou a terceira temporada de “Malhação” (1997) e chegou ao horário nobre em “Suave Veneno” (1999). Nessa época, ela chegou a ser eleita como “a mulher mais sexy do mundo” pela revista “VIP”.

Desde então, passou a se dedicar a filmes, teatro e séries de TV – voltando a atuar em novelas somente no remake de “Guerra dos Sexos” (2012). No período em que ficou longe dos filhetins, atuou no “Casseta & Planeta, Urgente!”, apresentou o “Saia Justa” (2004) no GNT, e protagonizou a série “A Mulher Invisível” (2011).

Na vida pessoal, Luana é conhecida por detestar a imprensa de celebridades e virar notícia por causa dos relacionamentos amorosos. Já namorou os empresários João Paulo Diniz, Ricardo Mansur, Christiano Rangel e Felipe Simão. E também se envolveu com artistas: Guilherme Fontes, Rodrigo Santoro, Marcos Palmeira, Dado Dolabella e Paulo Vilhena – além do modelo Caco Ricci.

Piovani casou com o surfista Pedro Scooby em 2013, com quem teve três filhos: Dom (2012) e os gêmeos Bem e Liz (2015). Atualmente, ela se declara como uma pessoa evangélica.