Lucélia Santos rasga o verbo contra Bolsonaro após prisão de ex-ministro: “Acordou chamuscado”

Lucélia Santos
Lucélia Santos disparou contra Bolsonaro (Imagem: Divulgação / Record)

Conhecida pelo seu trabalho importante em Escrava Isaura, na década de 1970, Lucélia Santos decidiu repercutir a notícia da detenção do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro pela Polícia Federal nesta quarta-feira (22), em São Paulo. A atriz aproveitou e disparou contra o presidente Jair Bolsonaro (PL).

“Bolsonaro acordou chamuscado. Milton Ribeiro, por quem ele disse que ‘botaria a cara no fogo’, foi preso agora de manhã por priorizar verbas para municípios indicados por religiosos ligados ao presidente”, comentou a famosa.

Lucélia Santos completou em postagem no seu Twitter: “Esse governo é isso: corrupção e descaso com o povo”. Os internautas apoiaram o comentário da artista. “Ê dona Lucélia, até janeiro precisaremos ter mais força“, frisou um. “Isso que dá pastores evangélicos se meterem em política”, acrescentou outro.

Veja Também

A atriz fez referência à operação Acesso Pago, da Polícia Federal, que investiga o tráfico de influência envolvendo pastores e a liberação de recursos do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação).

Além de Lucélia Santos, José de Abreu comenta caso polêmico

No Instagram, José de Abreu repercutiu a fala antiga de Bolsonaro sobre a polêmica denúncia e debochou: “Queimou a cara! Bolsonaro corrupto”. Em outro post, o ator lembrou que Milton Ribeiro colocou uma parcela da culpa por toda a situação no presidente.

Em março deste ano, Ribeiro disse que cumpria ordens de Bolsonaro. “Acabou a farsa”, declarou o famoso, aliado do ex-presidente Lula (PT).

Seguindo os ataques, o contratado da Globo repercutiu uma matéria do jornal Folha de S. Paulo sobre a preocupação da campanha de reeleição do governo depois da prisão do ex-ministro: “Um reverendo e dois pastores. Acabou”.

Semanas antes da prisão do ex-auxiliar do governo, o Chefe do Executivo usou um trecho da sua live para comentários sobre as acusações contra o então subordinado. “Boto minha cara no fogo pelo Milton”, declarou na época.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email luizfabio@rd1.com.br
Veja mais ›