Luciano Huck desabafa sobre as 100 mil mortes por Covid-19 e cita JN

Luciano Huck
Luciano Huck falou sobre as mortes pela Covid-19 (Imagem: Reprodução / Globo)

Luciano Huck voltou a usar suas redes sociais para falar sobre a situação da pandemia do novo coronavírus no Brasil. Neste sábado (8), no entanto, o apresentador da Globo lamentou as mais de 100 mil vítimas da Covid-19.

“100 mil famílias em luto. 100 mil saudades. Tragédias evitáveis, pois são consequência do negacionismo e da incompetência. Democracia requer responsabilidade. Cidadania exige respostas. Fica aqui meu carinho para todas e todos que estão sofrendo”, escreveu o famoso.

O artista, que é cotado para concorrer às eleições presidenciais de 2022, em seguida, postou sobre a abertura do Jornal Nacional de ontem. Na edição, William Bonner e Renata Vasconcellos fizeram críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Mais de 100 mil vidas perdidas pra Covid19. O Jornal Nacional lembrou que a Constituição no seu artigo 196 garante a todo cidadão brasileiro direito à saúde e todos os governantes têm a obrigação de proporcionar aos cidadãos este direito”, afirmou Luciano Huck.

Nos comentários, alguns seguidores o criticaram. “Rede Globo nunca vai me representa. Jornalismo tendencioso e maligno”, disse um internauta. “Bonner saiu pra fazer o JN em pleno sábado?! Pra dar a notícia que de números de mortos!!! Parabéns!!!! Faz um favor parem de apavorar a população, não somos burros. Sabemos exatamente o que está acontecendo”, disparou outro.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.