Luciano Huck descobre como pessoas estão cozinhando em favelas e se choca

Luciano Huck
Luciano Huck se surpreende ao descobrir situação de famílias em favelas do país (Imagem: Reprodução / Globo)

Luciano Huck ficou surpreendido com uma revelação durante uma conversa com um amigo no WhatsApp. O apresentador da Globo descobriu como famílias que moram em favelas se adaptaram ao preço do gás e dos alimentos em meio à crise financeira imposta pelo coronavírus.

Segundo o relato, grande parte das pessoas estão vendendo botijões de gás para a compra de comida. As pessoas “estão voltando a cozinha com querosene e lenha”, disse a fonte do empresário e possível candidato à presidência da República.

“‘Estamos percebendo um movimento grande de venda de botijão de gás para comprar comida, as pessoas aqui na favela estão voltando a cozinhar com querosene e lenha’. WhatsApp de um parceiro que está levando cestas básicas de porta em porta. Estamos à beira de um colapso de saúde e social”, observou Luciano Huck.

Em outro post, o marido de Angélica comentou sobre as 300 mil mortes de Covid-19 no país desde o início da pandemia, em março do ano passado, falou sobre a movimentação do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para conter a onda de casos e mortes da doença.

Ele afirmou que a frase “antes tarde do que nunca” não “cabe depois de tantas vidas destruídas pelo negacionismo”. “Só após 300 mil mortes, os responsáveis pela gestão nacional desta crise começam a fazer o básico. Mas nesta altura, o povo quer solução. E solução é vacina”, defendeu.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›