Luciano Huck esclarece escolha do nome para o Domingão: “Não queria que fosse um programa meu”

Luciano Huck
Luciano Huck estreia o Domingão neste fim de semana (Imagem: João Miguel Júnior / Globo)

A estreia de Luciano Huck nos domingos da Globo acontece neste fim de semana. Em entrevista ao Gshow, o apresentador abriu detalhes do Domingão e revelou, por exemplo, o motivo de ter escolhido o nome para a atração:

“Ser o ‘Domingão com Huck’ e não “do Huck” foi uma decisão pensada… Eu não queria que fosse um programa meu. É um programa nosso, um programa com o Luciano, com a Laura, com a Bárbara, com o João, com a Ana, com todo mundo. É um programa feito para que as pessoas se enxerguem nele. Os grandes protagonistas do ‘Domingão’ serão os brasileiros em todos os seus recortes do país”.

Huck ainda comentou sobre a ideia que teve para trazer ao programa, comandado por Fausto Silva por muitos anos. “A gente juntou as equipes do ‘Domingão’ e do ‘Caldeirão’. E acho importante falar isso porque o domingo é um dia sagrado para as famílias. É o dia em que todos se reúnem na frente da televisão. Por isso, a gente precisa reverenciar quem veio antes de nós neste horário. Dos ‘Trapalhões’ ao Silvio Santos, mas especialmente o Fausto Silva“, contou.

“Além de um amigo, ele sempre foi uma referência e uma inspiração. O meu papel é seguir essa trilha de sucesso, mas ‘atualizando o software’, porque o mundo está mudando e isso é necessário. Televisão se faz em equipe. Então, eu uni a minha equipe, que está comigo há muito tempo, a parte da equipe do ‘Domingão’, que conhece muito o horário, tem experiência e sempre fez um trabalho muito bom“, seguiu.

Questionado pela publicação sobre quais seriam os pontos altos do programa, o marido de Angélica confessou:

“Acho que o ‘Domingão’ vai manter a vocação de emocionar e divertir as pessoas nas tardes de domingo. Será um programa solar. Eu valorizo muito a minha família, então também valorizo o momento em que as pessoas estão do outro lado da tela junto com as famílias delas. Por isso, teremos um programa alegre, divertido, bem-humorado, mas que não se furta de ser um espaço para contribuir com a construção de um futuro melhor”.

Huck também não deixou de falar sobre o Caldeirão e se abriu ao dizer seus principais aprendizados ao longo dos 21 anos que esteve à frente da atração.

Quem me acompanhou nos últimos 21 anos aos sábados, na TV Globo, talvez tenha tido a impressão de que a gente [eu e o programa] é que estava impactando a vida das pessoas de alguma forma, realizando sonhos. Mas eu tenho bastante segurança para dizer que o rio corre em direção oposta. O impactado e transformado nesses anos todos fui eu“, disse.

Esse banho de realidade que eu levei ao ter o privilégio de entrar na casa das pessoas, trocando ideias, me fez um brasileiro melhor, um pai melhor, um filho melhor, um marido melhor. Então, eu devo muito a esses 21 anos na televisão e, principalmente, às pessoas que compartilharam as suas histórias comigo. Foi a coisa mais transformadora na minha vida até hoje“, encerrou.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›