Luciano Huck preocupa donos da Globo

Luciano Huck
Luciano Huck quer concorrer à presidência da República em 2022 (Imagem: Divulgação / Globo)

A coisa parece que tomou uma seriedade que não tinha. As redes sociais que mostram rejeição contra Jair Bolsonaro pelos eleitores dele indicam também que os conservadores podem migrar seu voto contra Lula a favor de Luciano Huck.

Isto fez com que esta semana os irmãos Marinho conversassem entre si sobre a possibilidade de Huck ser candidato e até onde poderiam apoiar Luciano.

Criar um programa para manter Angélica no ar seria a grande possibilidade de que a imagem de Luciano seja lembrada pela mulher. Como tem muito tempo ainda até o prazo da campanha tudo pode ser.

Os irmãos Marinho decidiram conversar sobre o assunto depois das futuras pesquisas. Logo depois Carlos Henrique Schroeder, comandante da Globo, será colocado a par da decisão da família.

O que se quer entender é que com a rejeição a Jair Bolsonaro aumentando exatamente por eleitores dele que não gostam do que está acontecendo e até acusando Bolsonaro de ser fraco no governo e não ter comando, este público pode precisar achar alguém que não seja Fernando Haddad ou Lula.

A vitória de Bolsonaro contra Haddad deu-se por uma margem pequena que inclui eleitores de Ciro Gomes que não queriam o PT. O mesmo pode acontecer agora onde Luciano Huck pode ter a favor de si eleitores de Ciro que não querem o PT e eleitores que votaram em Jair que querem outra pessoa.

Veja mais ›