Luisa Mell revela medo de repetir história de Marielle Franco e afirma que churrasco é “festa do demônio”

Luisa Mell
Luisa Mell revelou que é muito briguenta, afirmou não gostar de injustiça e declarou temor envolvendo trajetória de Marielle Franco (Imagem: Reprodução / Band)

Ativista na causa dos animais, Luisa Mell, que segue uma vida vegana, falou como se comporta em meio ao mundo cheio de pessoas carnívoras. Sem consumir nenhum tipo de produto animal, a apresentadora afirmou que também não é aquela que chega em um lugar tentando “converter” a todos.

Eu não sou uma pessoa insuportável. Sei que as pessoas acham que eu chego e mando todo mundo parar de comer. As pessoas acham que eu sou assim num relacionamento o tempo inteiro. Eu não sou assim. Inclusive, grande parte dos meus amigos não são veganos“, afirmou em entrevista a Leo Dias.

E eu me relaciono com todo mundo. Até porque a minha ideia não é sair do mundo e ir morar numa casinha e ficar lá vegana. Isso para mim não faz sentido se eu não transformar as pessoas e o mundo. Porque, se não, os animais continuam sofrendo. Daí eu estou aqui para transformar as pessoas e eu sei que é difícil“, explicou a ativista.

Apesar do comportamento, ir em uma churrascaria não é o tipo de passeio que Luisa faz. “Uma vez ele (o esposo) me pediu quando estávamos viajando… Não era nem uma churrascaria, era um lugar, e eu passei tão mal e vomitei a noite inteira. Porque o cheiro é aquele horror“, contou.

Eu não comi nada, só comi salada. Estar naquele lugar para mim… Eu não vou em churrasco de jeito nenhum, isso é muito forte, para mim é festa do demônio. Um monte de morto ali, e as pessoas comemorando a morte dos animais, foi uma tragédia. E dali ele nunca mais repetiu“, confidenciou.

Quando questionada se teria “força pra estar no Congresso”, Mell foi sincera: “Então, eu acho que eu correria o risco de ser assassinada. O meu maior medo é que aconteça comigo o que aconteceu com a Marielle [Franco]”.

Eu sou muito briguenta. Se eu ver qualquer injustiça, eu me irrito e não me calo. Noutro dia desses eu estava no parque com o meu filho e vi a polícia dando um ‘pega’ num motoboy e eu me meti lá no meio. Eu sou essa pessoa, entendeu? Se eu vejo alguma injustiça, eu falo, eu brigo… Eu sou a destemida, né? Mas a gente vive num país cada vez mais violento e a prova disso foi tudo o que aconteceu com a Marielle Franco. Eu tenho uma língua grande, sabe? Seria muito difícil!“, completou.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com