Luisa Mell revela que ter virado ativista custou emprego na TV

Em bate-papo com a youtuber Julia Faria, Luisa Mell resolveu contar o que a motivou a se tornar uma das maiores ativistas do país no que diz respeito a luta da causa dos animais.

Luisa Mell

Luisa Mell revelou que ter virado ativista custou seu emprego na TV (Imagem: Reprodução / Instagram)

Em bate-papo com a youtuber Julia Faria, Luisa Mell resolveu contar o que a motivou a se tornar uma das maiores ativistas do país no que diz respeito a luta da causa dos animais. Ex-apresentadora do “Late Show”, programa que era exibido na RedeTV! na década passada, Luisa revelou que foi a partir de uma reportagem que ela precisou gravar em um canil que sentiu a necessidade de fazer algo mais pelos animais.

“Fui gravar a primeira reportagem do “Late Show” na carrocinha. Capturavam os cachorros pela cidade e depois de três dias eles eram sacrificados. Na hora que entrei no corredor, lembro do olhar dos cachorros, pedindo pra serem salvos. Ali eu jurei, ‘vou dedicar minha vida a mudar isso aqui’. Ali entendi que não era só uma apresentadora de televisão, que tinha uma missão”, declarou.

Na entrevista, a famosa contou ainda que sua decisão por se tornar uma ativista acabou custando seu emprego na TV: “Comprei muitas brigas, não foi fácil. Quando era mais jovem, tinha uma fé inabalável, mas me dei muito mal numa época. Todas as portas se fecharam pra mim”.

“Não conseguia mais voltar para a TV, os patrocinadores me odeiam, comprei briga com Deus e o mundo”, acrescentou. Hoje dona de seu próprio instituto, Luisa usa as redes sociais como principal ferramenta de divulgação de seu trabalho.

Assista:

Álvaro Penerotti
Escrito por

Álvaro Penerotti

Álvaro Penerotti sempre foi bastante engajado a tudo que envolve o mundo da TV e Famosos. Com intensa vivência na área de jornalismo e mídias sociais, já trabalhou em rádio e também em importantes veículos de comunicação na web. Pode ser encontrado nas redes sociais por meio do @AlvaroPenerotti.