Mãe de MC Mirella acusa Dynho Alves de perseguir a filha e funkeiro reage mal

MC Mirella e Dynho Alves
Mãe de MC Mirella acusa Dynho Alves de perseguir a filha e funkeiro reage mal (Imagens: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

A relação de Dynho Alves e MC Mirella é cheia de idas e vindas, sendo que se divorciaram depois da saída do famoso de A Fazenda 2021. Recentemente os dois começaram a se reaproximar, mas a mãe da funkeira não viu isso com bons olhos.

Numa live no dia da festa do aniversário de Mirella, a mãe da cantora soltou o verbo contra o ex-genro:

Ele fica perseguindo a Mirella… O tempo todo! Quer ganhar fama à custa dela. Ele não deu valor pra ela quando ele tinha ela, quando estava casado, agora fica correndo atrás. Ele veio aqui na cara de pau, contra a vontade dela”.

Veja Também

No campo de comentários de um perfil do Instagram, Dynho debochou da acusação da ex-sogra: “Deixa a Márcia saber quem é q fica vindo atrás de mim”.

Confira:

MC Mirella revela que convidou Dynho Alves para gravar conteúdo adulto para site

MC Mirella usou suas redes sociais para revelar aos seguidores que vai protagonizar um vídeo íntimo com seu ex-marido, Dynho Alves.

A cantora, que, assim como o dançarino, tem um perfil na plataforma de conteúdo adulto do Privacy, adiantou aos admiradores que eles vão surgir juntinhos em uma interação, mas sem retomarem o relacionamento.

Gente, tô falando aqui pro Dynho. Eu chamei ele pra gravar um conteúdo comigo. Vou colocar pra vocês. Ele vai vir um dia pra gravar. Aguardem! Conteúdo de ‘melhores amigos’. Pra vocês verem a química”, disparou.

Quem quiser ter acesso aos posts quentes de Mirella precisa desembolsar R$ 69,90 mensais. Dynho, por sua vez, cobra R$ 39,90 para exibir seus nudes no site.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTQIA+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›