Mara Maravilha surpreende e faz crítica pesada a sertanejos: “Cadê a essência?”

Mara Maravilha
Mara Maravilha criticou sertanejos por polêmica atual (Imagem: Reprodução / SBT)

Mara Maravilha tomou partido na polêmica envolvendo os cantores sertanejos que recebem cachês superfaturados pagos com dinheiro público. Em entrevista que participou recentemente, a apresentadora do SBT soltou o verbo a respeito de Gusttavo Lima, por exemplo, que iria receber dinheiro verbas que deveriam ser direcionadas à educação, saúde e infraestrutura.

Tudo começou quando ela comentou a respeito dos altos e baixos da carreira. Ao 011 Podcast, ela destacou que muitos de seus companheiros, inclusive os do gospel, não tem consciência sobre a sua importância na sociedade.

“Eu sei o que é viver um ministério de duas décadas, conhecer o lado pobre e o lado glamoroso do Evangelho. Fazer missão nos Estados Unidos, com compra em shopping e tour pelos pontos turísticos? Até já fiz. Mas quero ver você ir até a África. Ou no Recife, que está alagado”, declarou.

Veja Também

A morena ainda fez referência às fortes chuvas que deixaram ao menos quatro Estados da região Nordeste em situação de calamidade nas últimas semanas: “Cadê os artistas que ganham milhões? Eu não estou defendendo a Anitta, mas ela mesma falou: ‘peguei alguma verba da Rouanet? Não, então estou fora dessa lista'”.

“No dos outros é refresco. É muito legal ser popstar por uma ou duas décadas. Mas e o nosso país?”, questionou Mara Maravilha, ironizando os cantores sertanejos.

Ela, então, entrou mais afundo na polêmica recente: “A cidade sem estrutura de saneamento, segurança, saúde e educação vai lá e paga mais de um milhão por um show? Onde está o valor da nossa arte? Da essência do artista? Não estou falando que a gente não tem que ganhar bem, mas tem que ter critério. Eu não devo nada a ninguém e nunca mamei na teta da lei Rouanet”.

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Prefeita chora após cancelamento de show do Gusttavo Lima

Nos últimos dias, a população de Teolândia, na Bahia, acabou sendo surpreendida com o caos que virou o cancelamento do show de Gusttavo Lima na cidade. Nem mesmo Rosa Baitinga (PP), a prefeita da cidade, conseguiu realizar o “sonho pessoal” de conhecer o artista.

Em uma praça do município, a política subiu no palco e lamentou o que havia acontecido. “A minha dor é muito grande, vocês não têm ideia. Eu queria estar hoje, de vermelho e preto, arrumada para o Embaixador (apelido de Gusttavo Lima)”, começou dizendo a prefeita.

“Digo a vocês: O Embaixador veio ali no posto de gasolina, mas ele teve que voltar. E Deus o acompanhe, ilumine sua vida e lhe dê muitos anos de vida, porque o futuro a Deus pertence”, acrescentou Rosa, que estava cercada de apoiadores.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email luizfabio@rd1.com.br
Veja mais ›