Marcelo Adnet é hostilizado por eleitores de Bolsonaro

Marcelo Adnet é hostilizado em mercado no bairro de Bolsonaro
Marcelo Adnet foi hostilizado após apoiar Fernando Haddad nas eleições (Imagem: Divulgação / Globo)

Marcelo Adnet usou seu perfil no Twitter, nesta sexta-feira (2), para contar que foi hostilizado ao sair de um mercado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, onde vive o agora presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

“Parei em um mercadinho na Barra pra fazer umas compras. Quando estava carregando o carro com sacolas vejo um senhor fazer gesto de armas com as mãos e gritar ‘vaza’, ‘vai embora’, ‘tá olhando o quê?’. Até eu entrar no carro alguém se juntou gritando ‘vaza vagabundo, vagabundo!'”, contou o humorista.

Durante as eleições, Adnet, que fez sucesso com paródias dos candidatos à presidência, usou as redes sociais para apoiar o candidato Fernando Haddad (PT).

O global ainda respondeu um seguidor que disse que ele deveria ter chamado a polícia ou filmado o ato. “Foi muito rápido e como estava sozinho sendo provocado por 2 ou 3 pessoas, preferi manter a cabeça erguida e abraçar a criança porque é a resposta que posso dar. Voltar com a polícia e dizer ‘ele fez arminha pra mim e gritou vagabundo vaza daqui’ acho demais. Mas vale o relato“, rebateu Adnet.

O artista completou: “O que chateia é as pessoas que jamais estiveram ali se apressarem em dizer que é mentira algo que acabei de passar”.

Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna “Do Fundo do Baú”, publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com

WordPress Lightbox