Crivella e Globo
Marcelo Crivella e Globo entram em nova disputa pelo Carnaval (Imagem: Reprodução / Globo)

Prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB) entrou em guerra com a Globo mais uma vez envolvendo o Carnaval na cidade. O evangélico, quando entrou no governo, tirou a verba pública das escolas de samba e atingiu a harmonia da festa com o canal carioca.

Para o sobrinho de Edir Macedo, a Globo foi favorecida nos últimos anos com o lucro que conquistou com o Carnaval na Sapucaí. Crivella determinou a abertura de uma licitação com o intuito de tirar os responsáveis pelo jogo do bicho, integrantes da Liesa, do controle da festa popular.

De acordo com as informações do jornalista Leo Dias, do UOL, existem três grandes empresas interessadas no passe pelo controle do Carnaval no Rio, mas com mudanças definidas apenas para 2021.

Com a queda de braço entre os três: Crivella, Liesa e Globo, o Carnaval do ano que vem está ameaçado. O dinheiro recebido da Globo para os barracões das escolas sai tradicionalmente em julho, mas até agora nenhum sinal dele.

No momento, a Liga das Escolas de Samba vive um impasse. O então presidente da Liga, Jorge Castanheira, deixou a presidência após um racha entre os controladores do jogo do bicho no Rio. O cargo ficou vago e sem definição de um substituto. Em nota enviada ao jornalista, a Globo informou que espera um interlocutor da Liesa para dar início ao diálogo.

Edir Macedo pede para Deus “remover” críticos de Bolsonaro e Crivella

Edir Macedo chamou a atenção dos seus fiéis ao fazer uma oração especial ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), de quem é tio, no último final de semana. Em um vídeo, para o atual governo, o bispo aparece pedindo a Deus que remova “aqueles que querem amarrá-lo”.

“Nós elegemos Bolsonaro então seja com ele, meu Pai. Seja com ele, remova aqueles que querem amarrá-los, que querem impedi-lo de fazer um excelente governo. Ele pegou esse país caído, quebrado, assaltado, roubado, desgraçado, para mudar a história dele”, pediu o dono da Igreja Universal.

Cabe lembrar que sua igreja apoiou o presidente durante as eleições do ano passado. “Fortaleça o Bolsonaro, como também o Crivella, que está enfrentando o impeachment do inferno”, disparou Edir Macedo, já fazendo referência ao sobrinho.

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!