Marcelo D2
Marcelo D2 retuitou informação falsa (Imagem: Divulgação)

Muito ativo no Twitter, Marcelo D2 acabou compartilhando uma publicação falsa na rede. O conteúdo se tratava de uma empresa de contabilidade de Goiânia, que está sendo vítima de hackers. A imagem trazia um print de Whatsapp que fazia o leitor pensar que a própria empresa enviou uma mensagem homofóbica.

“Boicote aos gays, lésbicas e trans: não deem emprego a eles, e se tiver algum em sua empresa, demita! Comerciantes: cobrar mais caro quando alguns destes malditos entrar no seu estabelecimento, e se possível não vender nada a eles. Mulheres não arrume seus cabelos com gays. Vamos juntos fazer essa classe sumir do Brasil. E só vamos conseguir unidos”, dizia um trecho do print.

Porém, tudo não passou de fake news. Perfis falsos estavam compartilhando a mensagem a fim de sujar o nome da empresa e claro, de seus sócios.

O caso já está sendo investigado após a empresa abrir um boletim de ocorrência na delegacia de Crimes Cibernéticos de Goiânia.

Confira:

Após pausa na carreira, MC Loma comemora aprovação na escola

Mal passou o Réveillon e o assunto é Carnaval. Os brasileiros estão contando os dias para o recesso e as festas. A nível de música e diversão, alguns hits já são escalados, como “Jheniffer”, de Gabriel Diniz. Mas se dermos um passinho para trás, podemos notar que o cantor não foi o nome principal do Carnaval 2018. Todos os holofotes estavam virados para MC Loma e as Gêmeas Lacração, que tombaram a internet com o clipe de “Envolvimento Diferente”.

O reinado durou pouco, já que, desde o segundo semestre de 2018, as pernambucanas não lançam mais nenhuma música. As adolescentes estão focadas em outras coisas, como completar o ensino fundamental e médio na escola.

O trio foi proibido de avançar na carreira musical após da Vara Regional da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça de Pernambuco determinar que menores de idade só podem participar de shows mediante apresentação de declaração de matrícula e frequência das aulas, entre outros documentos. Por meio de investigação, foi descoberto que nenhuma das três meninas tinham as declarações necessárias.

As críticas foram muitas. De uma lado, os fãs preocupados com o futuro de MC Loma e das gêmeas. Do outro, o público contra o trabalho infantil. Na terça-feira (8), a cantora resolveu se pronunciar e trazer uma boa notícia. “Falaram que eu não queria estudar, que eu me recusei a estudar, enquanto eu queria sim e eu corri atrás sim de estudar! Eu só tive que ficar calada e escutar, porque os verdadeiros só abrem a boca pra falar com provas. Passei de ano com muitos esforço e não aguento de felicidade”, contou em publicação no Instagram.

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!