Marcos Mion
Marcos Mion e o primogênito Romeu (Imagem: Reprodução / Instagram)

Marcos Mion usou o seu perfil no Instagram e fez um desabafo emocionante sobre o filho mais velho, Romeo, que tem autismo. Em um longo texto, ele relembrou o susto do parto prematuro, há 14 anos.

Mion compartilhou duas fotos, uma na época em que Romeo era um bebê e outra nos dias de hoje, ambas com a esposa Suzana Gullo. “Quase 4 anos fomos apenas nós 3! Do susto do parto prematuro em 2005 até os dias de hoje onde continuamos recebendo sustos quase diários”, declarou o apresentador.

O contratado da Record afirmou ainda que os sustos continuam, mas que agora são diferentes. “Mas agora são sustos bons, maravilhosos, de surpresa ao ver Romeo tão espirituoso, engraçado, curioso e audacioso entre tantas qualidades que, com todo orgulho do mundo, já conseguimos identificar”.

O ex-VJ aproveitou o momento para responder os milhares de pedidos e perguntas dos seus fãs pedindo a ele alguma direção sobre como melhor cuidar dos filhos especiais. “Aproveito esse post para responder às centenas de milhares de DMs e mensagens que recebo de famílias especiais me pedindo alguma direção, palavra de conforto ou, o que ouço muito, ‘qual o segredo que você aplicou no Romeo?'”.

Marcos, então, respondeu: “O único ‘segredo’ que tenho pra contar é que nós nunca desistimos dele. Quando ele se fechava, eu ficava do lado buscando alguma forma de trazê-lo de volta. Quando ele se debatia eu ajoelhava ao lado dele no chão até passar (dane-se os olhares de terceiros cheios de julgamento e desprezo. Nunca me afetaram), quando ele não queria abraçar eu insistia, quando ele queria repetir mil vezes eu assistia mil vezes, quando ele não dormia de forma alguma eu estava ao seu lado, quando alguém olhava torto eu me agarrava a ele ainda mais, quando ele não fazia o que as outras crianças faziam eu achava todas as outras bobas e o que estavam fazendo desnecessário. Quando ele não conseguia falar eu entendia de qq forma, quando ele não queria entrar na festinha que tínhamos acabado de pegar 1:30 de trânsito pra chegar, todos arrumados, nos virávamos e íamos embora. Sem cara feia. Sem nenhum ‘que saco’. Nada. Entre centenas de outros exemplos que posso dar, pensava: Esse é o caminho que Deus quer pra mim. Essa é nossa realidade e seremos felizes nela hoje”.

Mion continuou e afirmou qual a grande questão envolvendo o entendimento entre pais e filhos nessas situações. “O maior problema são pais que ainda se apegam a uma realidade que não existe mais! Uma vida que ficou pra trás no momento que o autismo chegou. Quando sua cabeça está no passado, ou no futuro, você não vê a beleza do hoje, do que você tem na sua frente agora. Para esses pais eu deixo um aviso: a nova realidade é infinitamente melhor. O autismo engrandece e ilumina quem está ao seu redor. Pare de reclamar e entenda que Deus te escolheu. Seu anjo autista te escolheu. Entenda, faça sua parte e seja feliz!”, finalizou.

View this post on Instagram

Durante quase 4 anos fomos apenas nós 3! . Do susto do parto prematuro em 2005 até os dias de hoje onde continuamos recebendo sustos quase diários. . Mas agora são sustos bons, maravilhosos, de surpresa ao ver Romeo tão espirituoso, engraçado, curioso e audacioso entre tantas qualidades que, com todo orgulho do mundo, já conseguimos identificar. . Aproveito esse post para responder às centenas de milhares de DMs e mensagens que recebo de famílias especiais me pedindo alguma direção, palavra de conforto ou, o que ouço muito, “qual o segredo que vc aplicou no Romeo?”. . O único “segredo” que tenho pra contar é que nós nunca desistimos dele. . . Quando ele se fechava, eu ficava do lado buscando alguma forma de trazê-lo de volta. Quando ele se debatia eu ajoelhava ao lado dele no chão até passar (dane-se os olhares de terceiros cheios de julgamento e desprezo. Nunca me afetaram), quando ele não queria abraçar eu insistia, quando ele queria repetir mil vezes eu assistia mil vezes, quando ele não dormia de forma alguma eu estava ao seu lado, quando alguém olhava torto eu me agarrava a ele ainda mais, quando ele não fazia o que as outras crianças faziam eu achava todas as outras bobas e o que estavam fazendo desnecessário. Quando ele não conseguia falar eu entendia de qq forma, quando ele não queria entrar na festinha que tínhamos acabado de pegar 1:30 de trânsito pra chegar, todos arrumados, nos virávamos e íamos embora. Sem cara feia. Sem nenhum “que saco”. Nada. Entre centenas de outros exemplos que posso dar, pensava: Esse é o caminho que Deus quer pra mim. Essa é nossa realidade e seremos felizes nela HOJE. . O maior problema são pais que ainda se apegam a uma realidade que não existe mais! Uma vida que ficou pra trás no momento que o autismo chegou. Quando sua cabeça está no passado, ou no futuro, vc não vê a beleza do hoje, do que vc tem na sua frente AGORA. Pra esses pais eu deixo um aviso: a nova realidade é INFINITAMENTE melhor. O autismo engrandece e ilumina quem está ao seu redor. Pare de reclamar e entenda que Deus te escolheu. Seu anjo autista te escolheu. Entenda, faça sua parte e seja feliz! . #FamilyFirst #Autismo #Conciencia #EverlastingLove

A post shared by Marcos Mion (@marcosmion) on

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!