Mariana Gross tem encontro de surpresa com Fernanda Montenegro e comemora

Fernanda Montenegro
Mariana Gross tietou Fernanda Montenegro em padaria (Imagem: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

Mariana Gross usou o seu perfil do Instagram para revelar que teve um encontro bem especial, nesta quarta-feira (15). A âncora do RJ1, da Globo, encontrou Fernanda Montenegro ao ir a uma padaria no Leblon. A jornalista fez questão de tietar a veterana.

“Dia de sorte”, escreveu a apresentadora do noticiário da Globo Rio, na legenda da foto em que posou ao lado da atriz. Na imagem, elas aparecem afastadas e de máscara.

Nos comentários, os seguidores dela adoraram a imagem. “Que máximo!”, disparou um internauta. “E vocês conversaram?? Você adora uma conversa?? Parece pose para foto!!!”, comentou outro. “Eita, quase não carrega a foto”, brincou um terceiro.

Recentemente, Fernanda Montenegro confessou que está em uma fase de “despedida” em sua vida. Em entrevista ao El País, a atriz, que recentemente virou imortal da Academia Brasileira de Letras, relembrou um susto que passou há dois anos ao ser questionada se tem medo de morrer:

“Sentirei saudade. Gostaria de levar comigo a minha memória. Eu tive um desmaio (em 2019) durante uma gravação no Sul do país. Eu demorei para acordar novamente. Mas, quando voltei, senti uma paz absoluta que contrastava com todo aquele alvoroço ao meu redor. Neste retorno, havia um hiato. Eu não lembrava do passado e nem do presente”.

“É como se tivesse acontecido um desligamento. Será que a morte é isso? Não sei. E diante deste mistério ficamos especulando para onde iremos. Se eu for para algum lugar, eu queria muito levar a minha memória“, disse.

A artista ainda completou: “Gostaria de fazer-lhe um pedido: que me enviasse uma cópia desta entrevista. Queria tê-la. Porque tudo já é meio uma despedida para mim. Uma hora acaba. Não tem jeito”.

Fernanda Montenegro fala de política

A veterana sempre se posicionou contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) e não deixou de criticá-lo na entrevista:

“Este Governo é uma tragédia. Eu vivi a ditadura no Brasil, um período terrível em que tivemos a nossa liberdade cerceada à força por militares. Agora é diferente. O que acontece no país tem o aval de 57 milhões de brasileiros que alçaram este homem [Jair Bolsonaro] ao poder por meio do voto, um dos principais pilares do Estado Democrático de Direito“.

“Precisamos refletir, portanto, por que motivos o elegeram. Não me parece que essas pessoas estivessem satisfeitas com a situação política no Brasil anteriormente. Não vou citar nomes e nem partidos, porque tal processo de desconstrução não é originário de um governo apenas, mas de todos os outros antecessores, desde o início do nosso período de redemocratização”, seguiu.

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›