Marina Ruy Barbosa abre o jogo sobre suposto apoio a Bolsonaro

Marina Ruy Barbosa
Marina Ruy Barbosa fala sobre política (Imagem: Reprodução / Instagram)

Marina Ruy Barbosa falou pela primeira vez sobre as eleições de 2018, que elegeu Jair Bolsonaro (sem partido) após disputa com Fernando Haddad (PT) no segundo turno. A manifestação da atriz veio após o desabafo do pai, o empresário Paulo Ruy Barbosa, que confessou seu arrependimento por ter votado no atual governo.

De acordo com a revista Veja, Marina deixou claro que não votou no “capitão”. “Meu pai não é uma figura pública e estranho esse interesse. Eu sou a pessoa pública e não votei no candidato do meu pai”, contou.

A global disse que não “compactua” com nada do que foi feito até o momento pelo atual governo. “Não concordei com a escolha dele, não compactuo em nada com a atual política. Mas o voto é um direito garantido e ele fez uma escolha”, ponderou.

“O cenário não era promissor, mas não gostaria de ver o país em mau estado. Tentei acreditar (percebo que fui ingênua) em uma mínima possibilidade de as coisas não irem para o caminho lamentável que foram. Mas tudo o que pensávamos se confirmou”, refletiu.

Marina entendeu o resultado e os reflexos dele como um aprendizado. “Só aprende quem erra. E meu pai está revendo suas posições. É bom porque mostra que, como eleitor, ele está atento e disposto a evoluir e mudar de pensamento”, finalizou.

CONTINUE LENDO →

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.