Mario Frias defende Bolsonaro e detona Felipe Neto, que reage pistola

Felipe Neto
Mario Frias criticou fala de Felipe Neto, que reagiu (Imagem: Reprodução – Instagram – Agência Brasil / Montagem – RD1)

Mario Frias utilizou o seu perfil do Twitter, nesta segunda-feira (6), para rebater alguns usuários da plataforma que criticaram uma medida provisória assinada por Jair Bolsonaro (sem partido). Felipe Neto, por exemplo, ouviu poucas e boas do secretário de Cultura e reagiu.

A polêmica MP altera o marco civil da internet. Segundo a Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom), o objetivo da MP é combater a “remoção arbitrária e imotivada de contas, perfis e conteúdos por provedores”.

“A MP da Liberdade de Expressão garante que apenas a Justiça possa definir o que é ou não crime, justamente para que milhões de pessoas não fiquem reféns do arbítrio de meia dúzia de Felipes”, declarou o secretário.

Mario Frias completou: “Esses jovenzinhos de cabelo roxo e pouco bom senso, que ocupam os cargos de agentes de censura em grandes empresas internacionais. Estamos trazendo as redes sociais para a ordem legal vigente”.

Felipe Neto, então, reagiu: “Um recado para você. Aproveite bem essa cadeira, esquenta ela bastante, porque você vai vazar daí muito em breve. Já vai se preparando para sair daí, cair no ostracismo, porque ninguém vai mais lembrar quem você é. Ninguém vai mais querer trabalhar com você e virou chacota para o Brasil inteiro”.

“Não existe nenhum agente de censura trabalhando. Nenhum outro país está tentando fazer o que Bolsonaro está preocupado para fazer. Por que será? Os países democráticos não estão preocupados em fazer isso“, seguiu o influenciador.

O famoso completou: “Mario Frias, te falta o terceiro neurônio. O primeiro conecta com o segundo e fica faltando o terceiro para triangular”.

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›