Mário Frias
Mário Frias lembrou ascensão na carreiraa em entrevista à Daniela Albuquerque para o Sensacional (Imagem: Divulgação/RedeTV!)
Mario Frias lembrou a fase que viveu o auge da sua carreira como galã de Malhação entre os anos de 1999 e 2001, em entrevista à Daniela Albuquerque no Sensacional. Ele contou sobre a ascensão na carreira ao interpretar o protagonista Rodrigo Chaves,  par romântico de Priscila Fantin na trama.
“Essa temporada chegou a 40 pontos de Ibope. Algo que nunca se viu [antes]. Eu sempre brinco que foi uma época meio ‘Beatles’. Éramos meio ‘Beatles’, um fenômeno muito grande”, comentou, relembrando o fervor que os atores causavam nos fãs quando apareciam em público.
O ator revelou que o dinheiro conquistado nesse período é a base de sua vida financeira até os dias de hoje. Devido ao sucesso nacional, foi convidado para posar nu em uma revista, mas recusou a proposta: “Nem por um segundo eu pensei. Era um dinheirão, bem mais do que eu ganhava na época”.
Ainda sobre a carreira na atuação, o hoje apresentador A Melhor Viagem, da RedeTV!, pontuou situações difíceis em torno da profissão. “Quando você faz novela não pode ficar doente. Ninguém pode morrer, os familiares não podem morrer. Quem já fez televisão sabe disso”, diz ele.
O bate-papo ainda passou por momentos delicados, ao comentar sobre a perda  da irmã Patrícia, vítima de um aneurisma, em 2008, quando estava em cartaz no teatro e não pôde abandonar o trabalho para ficar mais tempo com os familiares. “Esse momento foi um divisor de águas para mim”, confessou.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

SIGA AGORA