Mario Frias rebate crítica pesada que sofreu de Sergio Marone

Mario Frias
Mario Frias rebateu fala de Sergio Marone em rede social (Imagem: Reprodução / Agência Brasil)

Mario Frias usou o seu perfil do Twitter, nesta quinta-feira (16), para rebater as críticas que recebeu de Sergio Marone. Tudo começou quando o ator reclamou de um posicionamento do aliado de Bolsonaro contra o projeto de lei Paulo Gustavo.

“Isso, deixa um monte de ex colegas seus passando fome. Entendo seu amargor por não ter seguido na carreira artística, mas entenda. Não fosse seus olhos azuis, jamais teria uma oportunidade na TV”, declarou o apresentador do SBT, no Twitter.

O secretário de Cultura, então, disparou: “Claro, Morango, vou deixar de criar um curso profissionalizante, para capacitar jovens de baixa renda no mercado de trabalho, aprendendo programação, design gráfico, criação de roteiro, produção musical etc, para dar dinheiro para ex-colega famoso. Vai esperando”.

Para quem está por fora, o projeto em questão tem como meta a destinação de cerca de R$ 3,8 bilhões para o incentivo à cultura, como forma de amenizar os prejuízos trazidos pela pandemia ao setor.

Sobre o assunto, Frias disse o seguinte nesta semana: “Hoje, será votado no senado o projeto de lei Paulo Gustavo. Um absurdo que transformará o governo federal num caixa eletrônico de saque compulsório”.

“Essa lei destinará anualmente 4 bilhões de reais para estados decidirem o destino desse recurso. Sou radicalmente contra!”, afirmou em seguida.

Horas após a publicação, a Lei Paulo Gustavo foi retirada de pauta na sessão deliberativa que aconteceu no Senado Federal, o que levou o ex-Malhação a comemorar.

“Quero agradecer o Senador Fernando Bezerra, Líder do Governo no Senado, por ter retirado de pauta o Projeto de Lei Paulo Gustavo. Este projeto é completamente absurdo!”, escreveu o famoso.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›