Mateus Solano
Mateus Solano chorou ao rever imagens da carreira de Tony Ramos (Imagem: Divulgação / Globo)

Mateus Solano não aguentou e chorou muito no “Altas Horas”, da Globo, por causa de Tony Ramos, no último sábado (13). O ator se emocionou ao rever as imagens dos 55 anos de carreira do veterano, que recebeu homenagens do programa.

“Não me faz falar agora”, disse Mateus Solano a Serginho Groisman. “Me emociona muito. Atores como o Tony me emocionam muito”, acrescentou. Antes, os globais já tinham trocado gentilezas. “Ele tem uma devoção muito justa pelo Tony”, afirmou o apresentador.

“Eu admiro imensamente. Eu sempre cito ele pela versatilidade“, contou o convidado. “Isso aqui vira troca de gentileza, mas é que a gente se fala muito. Houve um dia que eu estava muito comovido, particularmente com o personagem Felix. E eu telefonei. E isso parece que te surpreendeu”, respondeu Tony Ramos.

Um discurso do homenageado também deu o que falar. Ao ouvir o depoimento da professora Débora Garofalo, que a “primeira mulher a entrar entre as dez finalistas do Global Teacher Prize, que é considerado o Nobel da educação”, segundo Serginho Groisman, o ator quis falar.

“Professora Débora, eu sou filho de uma professora primária. Hoje, mamãe, Dona Antônia, está aposentada, e eu acompanhei muito minha mãe no bairro da Vila Maria, aqui em São Paulo. Eu estudei em escola pública e mamãe, professora de escola pública, e para um trabalho voluntário ela lecionava, muito antes de existir o tal do ‘mobral’, mamãe lecionava para adultos de graça. Adultos analfabetos”, relembrou ele.

“Eu sei bem da caminhada de vocês, mais do que ninguém aqui, talvez, por ser filho de uma mulher que lecionava em três lugares, desquitada, para poder sobreviver comigo — e tinha ajuda da minha querida avó”, relembrou. “Isso tudo para dizer como é importante uma coisa que eu sempre sonhei”, explicou.

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

EU QUERO