Matheus Ribeiro vira piada após tomar soco em assalto

Matheus Ribeiro
Matheus Ribeiro está visivelmente machucado (Imagem: Reprodução / Instagram)

Matheus Ribeiro, que ficou conhecido por ser o primeiro assumidamente homossexual a comandar o Jornal Nacional, foi agredido recentemente, depois de reagir a um assalto. Apesar de tudo, o jornalista levou a situação no bom humor.

publicidade

Recapitulando a história, Matheus estava fazendo uma caminhada, alguém tentou roubar seu celular e ele no instinto reagiu para reaver o objeto. O resultado? Tomou um soco no olho, que está roxo, e está com hematomas na cara.

O jornalista, que mudou de emissora e agora apresenta o DF Record, compartilhou uma montagem em que o colocam com tapa olho e chapéu de pirata e esclareceu: O povo não perdoa… Não, não vou apresentar o DF Record assim. Vou contar com a minha querida Tainá Aires para cuidar bem do jornal“.

publicidade

Veja Também

A publicação, compartilhada na segunda-feira (10), arrancou risos de seguidores. “Desculpa, eu sei que é uma situação trágica, mas eu ri disso”, admitiu um deles. “Melhoras pra você, lamentável o que ocorrera. Espero que fique bem e volte logo pra televisão“, desejou outra pessoa.

Nem sei quantas vezes já falei no jornal: ‘Se for vitima de assalto, não reaja, valorize sua vida, não corra risco’. Mas casa de ferreiro, espeto de pau, já dizia minha vó“, falou Matheus Ribeiro anteriormente, autocriticando sua atitude e inclusive esclarecendo que o ladrão não usava faca ou qualquer arma.

Confira:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Matheus Ribeiro (@matheusribeirotv) em

publicidade

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTQIA+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.