Meghan Markle detona família real, sugere racismo e comenta relação com Kate

Meghan Markle
Meghan Markle faz revelações bombásticas em entrevista (Imagem: Reprodução/ CBS)

A duquesa de Sussex, Meghan Markle, decidiu abrir o jogo sobre a sua relação com a família real britânica e tudo o que sofreu no seu casamento. Ela afirmou, em uma entrevista a Oprah Winfrey exibida neste domingo (7) pela rede CBS, que a realeza se preocupou com o “quão escura” seria a pele de seu filho.

“Naqueles meses em que estava grávida tivemos uma série de conversas sobre ‘ele não teria segurança, ele não teria título’ e também preocupações e conversas sobre o quão escura sua pele ficaria quando ele nascesse”, revelou a atriz, que é afro-americana.

Ela disse que, na época, o seu marido, o príncipe Harry, revelou as preocupações de sua família sobre o tom de pele de Archie, bem como a segurança a que ele teria direito, antes de seu nascimento em 6 de maio de 2019.

Em fevereiro, cabe lembrar, o casal rompeu totalmente os laços profissionais com a família real ao dizer à rainha Elizabeth II que eles não voltarão a trabalhar como membros da monarquia.

Oprah quis saber se a entrevistada “pensou em se machucar e em suicídio”. “Sim. Uma das coisas que me atormenta é uma fotografia no Royal Albert Hall [do dia em que contou a Harry como se sentia]. Eu tinha tido essa conversa com Harry. Esses são os pensamentos que tenho no meio da noite. É algo real. É metódico”, desabafou.

“‘[Harry disse] Temos que ir nesse evento. Você não pode ir!’. ‘[Meghan respondeu] Eu não posso ser deixada sozinha’. Se você der um close na foto: a mão dele está grudada na minha“, comentou ela, chorando.

“Você não tem ideia do que se passa com as pessoas. Mesmo com quem está sorrindo, você tem de ter compaixão. Eu não queria admitir isso para o Harry. Ele já carrega o peso do mundo nas costas”, respondeu a intérprete de Rachel Zane.

Meghan disse que tentou fazer algo leve e divertido no seu casamento: “Todo mundo sabe que quando você casa, você casa com a família. Eu entrei nessa história inocentemente. Não fiz nenhuma pesquisa, nunca olhei nada a respeito do meu marido on-line”, afirmou ela, dizendo que não romantizou nada, pois por ser americana sabia pouco sobre a realeza.

A respeito da rainha Elizabeth II, avó de Harry, ela contou que não teve uma grande formalidade a primeira vez que se encontraram. “Foi amável, foi fácil. Eu tinha tantas coisas na minha cabeça. Eu cresci em Los Angeles. Eu via celebridades o tempo todo. Mas este é um jogo completamente diferente”, comentou.

Relação com Kate

A apresentadora questionou se era verdade que Meghan e Kate Middleton, mulher de príncipe William, não se dão bem. A famosa, então, comentou sobre as notícias que diziam que a atriz chegou a fazer a cunhada chorar.

“Foi o contrário. Kate estava chateada com alguma coisa, mas me mandou flores e nos resolvemos. Foi um problema com as ‘flower girls’ (daminhas) no casamento. Ela me fez chorar, me magoou. Não acho justo entrar nos detalhes porque ela me pediu desculpas e eu aceitei. Mas foi difícil ser culpada por algo que não fiz, as pessoas do castelo sabiam a verdade”, revelou.

“Acho importante as pessoas saberem a verdade. Ela é uma pessoa boa. Existe uma ideia de polaridade, que se você me ama, precisa odiá-la. Se você gosta de Kate, precisa me odiar”, disse ela, contando que a situação entre elas aconteceu sete meses antes da publicada pelos tabloides. “Não sei por que. Sei que existiam camadas. E uma narrativa de uma vilã e uma mocinha”, completou.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›