Marcão do Povo
Marcão do Povo à frente do “Primeiro Impacto”, do SBT (Imagem: Reprodução / Instagram)

O Ministério Público do Rio de Janeiro decidiu apresentar uma denúncia contra Marcos Paulo Ribeiro Morais, o Marcão do Povo, por injúria racial. O apresentador do “Primeiro Impacto”, do SBT, causou polêmica há alguns anos ao detonar a cantora Ludmilla.

A informação foi confirmada pelo colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo. O caso aconteceu em janeiro de 2017, quando durante o “Balanço Geral” ao vivo, o comunicador chamou a cantora de “pobre e macaca”.

As ofensas aconteceram enquanto era exibida uma reportagem sobre Ludmilla. Depois do caso, Marcão do Povo foi demitido pela Record.

Em depoimento, o apresentador admitiu as falas, mas afirmou que não tinha intenção de ofender a artista. Já a funkeira desabafou nas redes sociais e disse que não deixaria o acusado “impune”.

“Não deixaremos impune tais atos, trata se de um desrespeito absurdo, vergonhoso. Fica evidente que esse cidadão @marcaoapresentadortv não possui nenhum pudor ou constrangimento em ofender alguém em rede nacional”, escreveu ela, na época.

A pena prevista para o crime de injúria com ofensas raciais é de um a três anos de prisão, além de multa.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos