Mônica Martelli posa com filhos de Paulo Gustavo e faz declaração

Mônica Martelli
Mônica Martelli posa com filhos de Paulo Gustavo e faz revelação (Imagem: Reprodução / Instagram)

Mônica Martelli aproveitou o domingo de folga para fazer uma visita a Gael e Romeu, filhos do humorista Paulo Gustavo, seu falecido amigo.

A atriz, por meio de seu Instagram, compartilhou registros com os pequenos e revelou na legenda do post a alegria que sentiu ao vê-los.

“Amanhã é meu aniversário e eu ganhei de presente estar com esses dois tesouros, fruto do amor do Paulo Gustavo e Thales”, escreveu.

“Eles tiveram o enorme poder de trazer meu sorriso de volta. Continuaremos caminhando juntos nessa vida. Podem contar comigo pra sempre”, completou ela, que posteriormente recebeu várias palavras de apoio de amigos.

Esse poder só eles têm. Se agarre a eles, vocês merecem muito sorrir, reagiu Fernanda Gentil.Que sonho! Você merece! Vocês merecem!“, comentou Regina Casé.

Ahhh que deliciiiiiiia! Que momento maravilhoso! Curta muito esses dois!”, disse ainda a atriz Guilhermina Guinle.

Recentemente, Mônica voltou à apresentação do Saia Justa, do GNT, e desabafou sobre o lento processo de vacinação no Brasil. Ela destacou que a morte de Paulo, vítima da covid-19, não foi uma fatalidade e que precisa ser responsabilizada.

“Todo mundo que amava o Paulo Gustavo tem que se perguntar: Por que que no Brasil não temos vacina suficiente? A gente tem que se perguntar. Não foi uma fatalidade. Ele era um homem saudável, sem nenhuma comorbidade. Existe responsável para isso (…) Eu fico indignada, mas o que eu sinto mais forte é perplexidade”, comentou a atriz.

A famosa, que estava vestida com a jaqueta do comediante, chorou ao falar da morte do colega e comentou sobre a vacinação.

Na hora que fiz aquela placa, apenas duas doses de uma vacina que já existe, eu tava indignada e eu peguei a jaqueta do Paulo Gustavo em homenagem a ele. Aí lembrei de uma história e comecei a rir (…) Aí você vai pra dor. Aí você volta pra indignação”, ressaltou ela.

“Mas eu acho que é muito importante a gente dizer que esse luto que a gente tá vivendo, que não é só meu, é de um país, ele tem uma palavra de ordem: Duas doses de uma vacina que já existe. Meu amor, podia ter te salvado e salvado muitas vidas. Isso aí vai ser uma ordem de luta no luto, por Paulo Gustavo”, continuou Martelli.

A artista ainda desabafou: “A gente tem que se perguntar: Por que não temos vacina? Paulo Gustavo foi um militante importantíssimo, muito poderoso. Ele abraçou causas que ajudaram a humanizar esse país. Esse país que agora está tão desumanizado. É um mar de horrores que a gente tá vivendo. (…) Como alguma coisa pode importar na vida de alguém que não seja isso? Agora é luto com luta. Esse sentimento passa também. É como se nada mais na vida pudesse importar”.

Veja:

Álvaro PenerottiÁlvaro Penerotti
Álvaro Penerotti sempre foi bastante engajado a tudo que envolve o mundo da TV e Famosos. Com intensa vivência na área de jornalismo e mídias sociais, já trabalhou em rádio e também em importantes veículos de comunicação na web. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @AlvaroPenerotti.
Veja mais ›