Morre, aos 46 anos, o rapper Enézimo, vítima da Covid-19

Enézimo
Rapper Enéas Enézimo morreu nesta terça (Imagem: Reprodução/ Instagram)

O rapper Enéas Enézimo morreu, aos 46 anos, nesta terça-feira (15), vítima de complicações da Covid-19. A confirmação foi feita através de um comunicado da Paudedaemdoido, selo de que ele era sócio.

“Com grande tristeza, comunicamos que o nosso irmão @enezimopdd veio a óbito no dia de hoje, devido a complicações da Covid-19. Agradecemos toda corrente de apoio, todas as orações voltadas pro nosso irmão”, disse a nota.

“Fica o legado de uma grande pessoa, de coração bom, Filho, MC, Arte Educador, que tanto contribuiu na vida de várias pessoas”, completou a postagem sobre o rapper.

Enézimo fez parte do grupo A.R.M.A.G.E.D.O.N. nos anos de 1990 e também era conhecido por ser arte educador na Fundação Casa. Em 2020, o artista lançou os singles De Janeiro a Janeiro e Basquete de Rua. Em novembro, inclusive, ele celebrou em uma live seus 30 anos de carreira.

Nas redes sociais, o rapper Emicida lamentou a morte do amigo. “Descanse em paz, Enézimo. Obrigado por sempre me acolher com carinho e respeito”, escreveu ele.

“Obrigado pelas trocas de ideias, de onde eu sempre voltava com a cabeça a mil e o coração fervendo de gratidão e amor. O hip hop brasileiro perdeu hoje um dos seus maiores corações”, completou o famoso.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›