Morre Jô Soares, aos 84 anos, em São Paulo

Jô Soares
Jô Soares estava internado no hospital Sírio Libanês (Imagem: Divulgação / Globo)

Morreu na madrugada desta sexta-feira (05), Jô Soares, aos 84 anos. Em uma publicação no Instagram, Flavia Pedras, ex-esposa do apresentador, informou a partida do artista muito querido pelo público.

publicidade

Segundo nota do hospital, Jô estava internado desde o dia 28 de julho e morreu às 2h20 da madrugada.

Na publicação da rede social, Pedras contou: “Faleceu há alguns minutos o ator, humorista, diretor e escritor Jô Soares. Nos deixou no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, cercado de amor e cuidados”.

publicidade

Veja Também

“O funeral será apenas para família e amigos próximos. Assim, aqueles que através dos seus mais de 60 anos de carreira tenham se divertido com seus personagens, repetido seus bordões, sorrido com a inteligência afiada desse vocacionado comediante, celebrem, façam um brinde à sua vida”, escreveu.

A vida de um cara apaixonado pelo país aonde nasceu e escolheu viver, para tentar transformar, através do riso, num lugar melhor”, destacou.

Viva você meu Bitiko, Bolota, Miudeza, Bichinho, Porcaria, Gorducho. Você é orgulho pra todo mundo que compartilhou de alguma forma a vida com você”, declarou a ex-esposa do humorista.

“Agradeço aos senhores Tempo e Espaço, por terem me dado a sorte de deixar nossas vidas se cruzarem. Obrigada pelas risadas de dar asma, por nossas casas do meu jeito“, agradeceu.

publicidade

Cheia de amor, Pedras seguiu: “Pelas viagens aos lugares mais chiques e mais mequetrefes, pela quantidade de filmes, que você achava uma sorte eu não lembrar pra ver de novo, e pela quantidade indecente de sorvete que a gente tomou assistindo”.

“Obrigada para sempre, pelas alegrias e também pelos sofrimentos que nos causamos. Até esses nos fizeram mais e melhores. Amor eterno, sua, Bitika”, finalizou.

José Eugênio Soares nasceu no Rio de Janeiro em 16 de janeiro de 1938. Era o único filho do empresário Orlando Heitor Soares e da dona de casa Mercedes Leal Soares.

publicidade

A carreira de Jô Soares na TV

Jô teve uma carreira marcada por várias atividades artísticas. Além de entrevistador de sucesso, ele era ator, escritor, dramaturgo, diretor, roteirista, pintor e humorista. Inclusive, o humor foi a sua marca registrada e o seu ponto de partida no sucesso.

publicidade

Soares foi considerado pioneiro do stand-up e participou de humorísticos de sucesso na televisão, como A Família Trapo (1966), Planeta dos Homens (1977) e Viva o Gordo (1981), onde apresentou personagens como o Reizinho (monarca de um reino que satirizava o Brasil da época), o Capitão Gay (um super-herói homossexual) e o Zé da Galera (do bordão “Bota ponta, Telê!”).

Após ter o contrato vencido com a Globo, em 1987, Jô Soares foi para o SBT, onde percebeu a possiblidade de apresentar um programa de entrevistas na nova emissora. Nascia, então, o Jô Soares Onze e Meia, pioneiro no gênero.

Durante os seus 11 anos de exibição, o talk show rendeu mais de 6 mil entrevistas icônicas. Ele retornou à Globo em 2000, quando estreou o Programa do Jô.

Além da TV, ele também foi autor best-sellers e escreveu para jornais e revistas. O escritor ainda assinou colunas nos jornais O Globo e Folha de S.Paulo e para a revista Manchete. Entre 1989 e 1996, assinou uma coluna na Veja.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

No cinema, ele apareceu em clássicos, como Hitler IIIº Mundo (1968), de José Agripino de Paula, e de A Mulher de Todos (1969), de Rogério Sganzerla. Ele dirigiu um filme O Pai do Povo (1976).

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Carol BittencourtCarol Bittencourt
Brasileira vivendo em Portugal, Caroline Bittencourt é jornalista, pós-graduada em Comunicação e Design Digital. Atua como redatora e produtora de conteúdo para as redes sociais. Colabora com o RD1 desde 2018. Ama viajar, seja chegando em um novo destino ou em frente à TV assistindo uma boa série.