Mulher pega repórter da Globo de surpresa com palavrão ao vivo

Globo
Entrevistada causou com atitude ao vivo no Bom Dia São Paulo (Imagem: Reprodução / Globo)

O Bom Dia São Paulo passou por uma situação bem inusitada ao vivo, nesta quinta-feira (2). Em pleno feriado, o telejornal da Globo deixou escapar um palavrão dito por uma entrevistada.

Tudo aconteceu durante uma entrada ao vivo para falar sobre os problemas com o transporte público da cidade. O repórter William Rafael entrou e comentou sobre os problemas enfrentados por quem desejava pegar ônibus.

O jornalista mostrou os tumultos e as aglomerações em uma das estações. Enquanto isso, uma mulher apareceu na filmagem do cinegrafista falando e gesticulando de forma chamativa.

O repórter da Globo, então, decidiu entrevistá-la. “Moça, pra onde você tá indo?”, questionou Rafael. “Pra casa do caralh*”, respondeu a mulher, bem direta.

A entrevistada nem finalizou a sua resposta e já foi cortada. O jornalista tirou o microfone da boca dela.

Ela ainda tentou falar, mas, desta vez, sem palavrão: “Não vai dar, não. Tô indo trabalhar, quero ganhar dinheiro”.

“Obrigado. As pessoas estão revoltadas e falando palavrão aqui. A gente até entende as pessoas, a situação delas“, destacou o jornalista, encerrando a entrevista.

No telejornal da Globo, Rodrigo Bocardi detona situação em São Paulo

No estúdio, ao vivo, Rodrigo Bocardi, que nesta semana recebeu cantada inusitada, se mostrou revoltado com a situação e falou que a empresa responsável é “incapaz de se comunicar com seu cliente”.

“Essas pessoas deveriam receber mensagens. Constrói junto com seu cliente [uma comunicação mais efetiva]. As pessoas são tratadas como nada”, declarou.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É editor-chefe e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]