Nada de crise? Amazon Prime Vídeo surpreende com nova decisão envolvendo assinaturas

Amazon Prime Vídeo
The Boys, produção da Amazon Prime Vídeo; streaming promove mudança em pacotes (Imagem: Divulgação / Amazon)

A Netflix revelou, recentemente, que sofreu com uma queda brusca em seu faturamento e no número de assinantes. Mesmo com essa possível crise no streaming, a Amazon Prime Vídeo vai aumentar os preços dos seus pacotes.

Antes da estreia da terceira temporada de The Boys, a empresa vai mudar de R$ 9,90 para R$ 14,90 por mês o plano básico. Já os usuários que assinam o plano anual agora pagarão R$ 119, ao invés dos tradicionais R$ 89.

Os novos valores entrarão em vigor a partir de 20 de maio para os novos assinantes. Enquanto quem já assina o serviço passará a receber as cobranças com os novos valores a partir de 24 de junho, na data de sua próxima renovação de assinatura mensal ou anual.

Veja Também

A Amazon Prime Vídeo também ressalta que tanto os novos clientes que assinarem o plano anual quanto os clientes mensais que assinarem o plano anual até 19 de maio poderão assegurar o valor atual de R$ 89.

A empresa justificou o aumento à ampliação de investimentos feitos no serviço (tal como a aquisição do estúdio MGM e suas franquias), assim como nos benefícios concedidos aos clientes e aumentos nos custos operacionais.

Amazon Prime finaliza compra da MGM

Desde que anunciou o início das negociações para a compara do grande estúdio cinematográfico MGM, a Amazon animou os fãs. Agora, a gigante do comércio eletrônico acaba de anunciar a finalização da compra do Metro Goldwyn Mayer.

A compra já havia sido noticiada em maio de 2021, mas a empresa só conseguiu encerrar as partes burocráticas agora. As informações da TAVI Latam ainda confirmam que a empresa também anunciou que a integração do estúdio e da Amazon Prime Video já está acontecendo.

O conteúdo será integrado ao estúdio audiovisual Amazon Studios. “Juntas, as equipes fornecerão mais opções de entretenimento para os espectadores”, informou a Amazon em um comunicado para a imprensa.

Durante a última semana, a Comissão Europeia aprovou a finalização da compra. “A Comissão concluiu que a transação não levantaria preocupações de concorrência no Espaço Econômico Europeu”, declarou o órgão regulador.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›