Neymar se revolta após ser expulso e acusa jogador espanhol de racismo

Neymar
Neymar se revolta após ser expulso e acusa jogador espanhol de racismo (Imagem: Divulgação / Reuters)

Recuperado da Covid-19, Neymar foi um dos que jogou nesse domingo (13), no clássico entre o Paris Saint-Germain e o Olympique de Marselha. Seu time perdeu de 1 a 0, mas a maior derrota do craque foi sua expulsão, num episódio em que o racismo foi pauta.

Neymar acabou sendo expulso no fim do jogo, disputado pelo Campeonato Francês, após dar um tapa no zagueiro Álvaro González. Em seu Twitter, o craque acusou o espanhol de ter dito coisas racistas: “VAR pegar a minha ‘agressão’ é mole… Agora eu quero ver pegar a imagem do racista me chamando de ‘MONO HIJO DE P#TA (macaco filha da put#)’… Isso eu quero ver”!

O brasileiro ainda pediu uma punição para Álvaro: “E aí? CARRETILHA você me pune… CASCUDO sou expulso… E eles? E aí?”. Pouco tempo antes, na mesma rede social, Neymar disparou: “Único arrependimento que tenho é por não ter dado na cara desse babaca”.

O cantor Buchecha deu sua opinião: “Calma mano! Isso não vale a pena, não. Eu sei que dá raiva mesmo, mas você seria prejudicado também. Busque outras formas de punição pra ele”. Um internauta discordou veementemente: “Vale a pena sim! Chega de aceitar calado racismo em qualquer lugar que seja”.

Álvaro González apareceu em seu perfil do Twitter para se defender, discretamente alfinetou Neymar e revoltou alguns em foto com jogadores negros: “Não há lugar para racismo. Corrida limpa e com muitos colegas e amigos no dia a dia. Às vezes você tem que aprender a perder e ir para o campo. Incríveis 3 pontos hoje. Obrigado família”.

Desde os 37 minutos do primeiro tempo, Neymar já vinha reclamando de tais atitudes, bradando “racismo não” em espanhol. O árbitro Jérôme Brisard chegou a interromper o jogo para entender o que estava acontecendo.

Confira: