No Limite: Gui Napolitano chama Íris Stefanelli de inconveniente e faz revelação

Guilherme
Gui Napolitano soltou o verbo ao falar sobre a ex-sister (Imagem: Reprodução / Globo)

O ex-BBB Gui Napolitano abriu o jogo sobre sua participação no reality No Limite. O influencer contou ao Gshow que se surpreendeu negativamente com a ex-BBB Íris Stefanelli durante o programa e a alfinetou:

“Pelas falas dela, os problemas que ela acabou criando com outras pessoas, inclusive comigo. Acho que ela foi muito inconveniente e infeliz nos comentários, nas opiniões dela”.

Gui, no entanto, viu Viegas como uma surpresa positiva na competição. “A forma como ele leva a situação, até as mais difíceis. Ele é um cara muito calmo, muito tranquilo, então acho que isso é muito positivo pra ele e para o grupo também. Ele trazia muita tranquilidade para todo mundo“, elogiou ele, relembrando que ficou entre os mais votados para mudar do Carcará para o Calango:

“Saindo do programa, eu sabia que eu ia ficar triste. Mas eu não fiquei decepcionado porque não houve uma traição. Acho que, ali, ninguém combinou voto, todo mundo foi na mesma ideia de votar sem abrir a votação para o outro”.

Gui confessou, inclusive, que queria ter ficado mais tempo no programa. “Eu sabia que, se a nossa equipe perdesse a Prova da Imunidade, eu teria chance de sair por saber de dois votos, da Elana e da Paula. Eu fiquei triste. Fiquei surpreso com o voto do Viegas. Não tinha chegado ao meu limite, muito pelo contrário, queria ter continuado, estava morrendo de vontade de chegar mais para frente”, explicou. Ele, no entanto, garantiu entender as estratégias:

“Acho que eu fui bem até onde eu cheguei, mas eu sabia da dinâmica de Eliminação. Sabia que poderia receber aquele voto do Viegas também. Se ele me achasse um candidato forte, sabendo que depois a competição se tornaria individual…”.

Napolitano abriu o jogo ao ser questionado qual o melhor momento que viveu no reality. “Para mim, foi quando eu tive o contato, de uma certa forma, da minha família, quando eu ganhei a prova (do Privilégio) com a carta, o escapulário e a foto. Aquilo me deu muita tranquilidade e muita força também para poder continuar“, disse ele, revelando ainda o pior desafio que encarou na competição:

“Foi o dia da chuva, sem dúvida. Para mim, aquele dia foi um dos piores da minha vida. O frio que eu passei ali foi terrível, nunca imaginei que fosse passar tanto frio, porque a chuva e o vento foram muito intensos, durante quase sete horas”.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›