No Limite: Viegas explica mau humor após derrota e nega rivalidade com Paula

No Limite
Viegas explica mau humor após derrota em No Limite e nega rivalidade com Paula (Imagem: Reprodução / Globoplay)

Depois de muitas provas, Viegas passou para a grande final do No Limite, mas perdeu na votação para Paula Amorim e se tornou vice-campeão. Sua reação nada positiva à derrota, ao vivo, foi reparada por internautas que o criticaram. Em entrevista ao Encontro, o ex-BBB explicou por que agiu assim.

Saiba tudo sobre No Limite na cobertura do RD1

Nesta quarta-feira (21), horas depois do reality show da Globo ter acabado, o ex-integrante das tribos Carcará e Jandaia revelou qual foi sua maior dificuldade na competição e fez uma retrospectiva da própria trajetória:

Para mim, o mais difícil foi lidar com o psicológico (…) Quero aproveitar que a Paulinha é braba demais. Infelizmente, algumas pessoas não conseguem entender a importância que o programa teve na minha vida, dentro e fora. Ontem, passou um filme na minha cabeça”.

Na sequência, Viegas esclareceu que seu comportamento polêmico aconteceu por uma série de pensamentos que se passavam em sua cabeça, em relação ao que veio buscar para sua família:

[O momento] se divide entre a felicidade de estar com uma parceira, a minha irmã, ali. Ao mesmo tempo, era tudo o que eu sonhei.  A minha dor, naquele momento, foi de não ter proporcionado o que eu gostaria para a minha mãe e para a minha filha. Só quis ficar quieto”.

O também cantor afirmou, ao lado de Paula Amorim, que não quis desmerecer a vitória dela e continuou justificando o que fez depois do anúncio do resultado por André Marques:

Jamais quis diminuir a vitória da Paulinha, que é minha irmã. A internet nem sempre respeita isso. Eles tiram nossa humanidade. Se o brilho das minhas palavras não forem melhor que meu silêncio, eu prefiro ficar quieto”.

Além de tudo, Viegas se definiu como alguém vitorioso, por seus feitos em No Limite e surpreendeu ao dar uma alfinetada no presidente Jair Bolsonaro, ao falar de sua performance física:

O segundo lugar só me tirou os 500 mil reais. De resto, me sinto um vencedor. Chegar onde cheguei sem nenhum voto, sem ‘histórico de atleta’ como o nosso presidente aí… Estar do lado desses competidores, que todos eles treinam, e na prova final chegar em primeiro, fiquei muito feliz”.

Confira:

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›