Nos Tempos do Imperador: Sequestrada pela irmã, Dolores implora para casar com Tonico

Dolores
Dolores decide ficar com Tonico mesmo após tentativa de Pilar (Imagem: João Miguel Junior / Globo)

Dolores (Daphne Bozaski) vai mesmo se casar com Tonico (Alexandre Nero) em cenas que vão ao ar na sexta-feira (1º) em Nos Tempos do Imperador. A cerimônia acontece mesmo após um tumulto se formar por conta da decisão da moça.

A noiva chega a ser sequestrada pela própria irmã Pilar (Gabriela Medvedovski) e é levada em uma carroça. Elas serão perseguidas por Eudoro (José Dumont) e outros homens, até que o veículo atola.

A médica, então, pede que a caçula fuja a pé, mas Dolores recusa: “Não, eu não quero! Me deixa, Pilar! Socorro! Me solta, Pilar! Eu não quero fugir! Me deixe!“. Em seguida, as duas são surpreendidas por Eudoro. “Não ouviu o que ela disse? Largue minha filha!“, esbraveja ele. Pilar, então, deixa a irmã ir.

Vale lembrar que a Globo reuniu direção, produção e elenco de para uma longa conversa sobre a situação vivida pela novela das 18h. A primeira inédita da grade após meses de reprise, o folhetim mergulhou em uma crise de audiência e repercussão, além de críticas dos telespectadores.

O objetivo da reunião, segundo Kogut, foi diminuir a tensão e acalmar os ânimos depois da enxurrada de comentários negativos sobre a trama. Além disso, o momento serviu para o esclarecimento de alguns pontos da história.

A primeira cena criticada pelo público envolveu Pilar (Gabriela Medvedovski) e Samuel (Michel Gomes). Nela, a conversa foi norteada sobre uma possível mudança do casal para a Pequena África. Os dois falaram sobre o preconceito que ela poderia sofrer por ser branca.

Na internet, o termo “racismo reverso” bombou e foi motivo de duros ataques à Globo. A coautora de Nos Tempos do Imperador, Thereza Falcão, pediu desculpas publicamente:

“Foi péssimo. Pedimos muitas desculpas. Eu mesma quando vi a cena aqui em casa, falei: o que foi isso? Todos os capítulos que vão ao ar até o 24 foram escritos em 2018, gravados na ampla maioria em 2019. Na época não contávamos com uma assessoria especializada, o que só aconteceu no ano passado, com a entrada do [pesquisador de cultura afro-brasileira] Nei Lopes. Hoje assisto a muitas cenas com uma sensação muito longínqua. Mais uma vez pedimos desculpas por cometer erros grosseiros como esse”.

Avaliando novas polêmicas, o canal carioca se adiantou e contratou a pesquisadora Rosane Borges, da USP, como consultora da trama. Vários capítulos foram revistos depois da sua contratação.

Ficou decidido na reunião desta semana que algumas cenas envolvendo a Princesa Isabel (Giulia Gayoso) serão regravadas. Além do trabalho com a pesquisadora, o canal da família Marinho deu sinal verde para a formação de um grupo de discussão sobre Nos Tempos do Imperador.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›