Globo
Rafael Vitti e Isabelle Drummond, como João e Manuzita, em “Verão 90” (Imagem: Paulo Belote / Globo)

As quatro novelas inéditas da Globo bateram recorde de média semanal entre 15 e 20 de julho – no caso de “Malhação – Toda Forma de Amar”, de 15 a 19. O acréscimo nos índices de audiência da trama teen e de “Órfãos da Terra”, “Verão 90” e “A Dona do Pedaço” se deu em meio à frente fria que dominou a Grande São Paulo desde o início de julho. Os números dos folhetins do SBT e da Record também cresceram.

“Malhação – Toda Forma de Amar” foi de 18,9 pontos entre 8 e 12 de julho para 19,8 de média, de 15 a 19. A produção veio bem amparada por “Por Amor” (1997), em cartaz no “Vale a Pena Ver de Novo”: de 17,5 para 18,4 – segunda melhor semana da reprise, abaixo apenas do 18,8 anotados entre 1º e 5 de julho.

“Órfãos da Terra”, às 18h, subiu de 22,1 pontos entre 8 e 13 de julho para 22,7 de média, de 15 e 20. A novela das 19h, “Verão 90”, também bateu recorde: 30 pontos frente 28,9 da semana anterior. O mesmo se deu com “A Dona do Pedaço”, focada no casamento de Vivi Guedes (Paolla Oliveira): 34,1 versus 33,4.

No SBT, as mexicanas “A Que Não Podia Amar” e “A Dona” saltaram de 6,3 e 6,7 pontos para 7 e 7,3 de média, respectivamente. A inédita “As Aventuras de Poliana” também ganhou audiência: 10,5 entre 8 e 12 de julho x 11,7 de 15 a 19 de julho. Idem para a reapresentação de “Cúmplices de um Resgate” (2015): 9,5 x 10,1.

Os repetecos de “Bela, a Feia” (2009) e “Caminhos do Coração” (2007), na Record, foram de 7,4 e 5,6 para 7,9 e 5,9. A contemporânea “Topíssima” subiu de 7,9 pontos para 8,2 de média – abaixo apenas dos 9,2 dos quatro primeiros capítulos, de 21 a 24 de maio. A bíblica “Jezabel” registrou números mais tímidos: 7,1 x 7,2.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!