Bolsonaro
Bolsonaro causou polêmica no “Casos de Família”, do SBT (Imagem: Reprodução / SBT)

Hoje presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) passou os últimos anos “batendo ponto” nos programas mais polêmicos da televisão brasileira. A coluna, inclusive, poderia tirar várias dessas participações épicas Do Fundo do Baú, mas só vamos lembrar hoje de uma situação: a ida dele ao “Casos de Família”, do SBT.

Por si só, o programa de Christina Rocha já dá o que falar. Afinal de contas, coloca num mesmo palco pessoas que vivem discutindo diariamente. Então, como não poderia ser polêmica uma atração que teria como convidado Bolsonaro? Na época, cabe lembrar, o então deputado federal dava declarações inusitadas ao “CQC”, da Band, e no “Superpop”, da RedeTV!.

Com o tema “ex-presidiário merece uma segunda chance?”, o vespertino colocou o político para debater com ex-presos. E aí já sabe, né? Foi treta atrás de treta. “Quem ama cuida, quem ama dá oportunidade“, disparou um dos convidados, logo no começo. “Quem ama não rouba e nem trafica. A segunda chance é o inferno para você”, rebateu o atual presidente.

“Eu sou contra a política de direitos humanos do nosso país, que só defende presidiários, basicamente. Hoje em dia a comissão está discutindo, por exemplo, a aprovação do casamento entre homossexuais, a adoção de filhos com pais de homossexuais e a visita de presos homossexuais, até isso”, acrescentou Bolsonaro.

Christina Rocha, então, decidiu ser incisiva com ele: “Você acha que os homossexuais não têm direito de casa, de ser feliz?”. “Dois homossexuais casar? Ah, pelo amor de Deus. Com aliança, na igreja, não. Eles que se unam da forma que bem entender. Adotar criança? Ela vai ser um futuro gay, um futuro homossexual. O pai que vai ver um garoto que não sabe quem é a mãe: ‘o bigodudo ou o careca?'”, afirmou o ex-capitão.

Bolsonaro
(Imagem: Reprodução / SBT)

“Como é que é?”, questionou a apresentadora, visivelmente indignada. “Quem é a mãe de um casal gay?”, repetiu Bolsonaro. “Vai ter mais carinho que você”, rebateu um dos convidados da atração. “Você deve ter tido muito carinho no presídio”, brincou o político ao ex-presidiário.

Em seguida, os vários participantes do “Casos de Família” começaram a detonar o polêmico deputado, que também rebatia com declarações fortes. A comunicadora, então, decidiu entrar na discussão: “O governo precisa olhar muito para nossas crianças para se tornarem adultos dignos. A gente continua sem escola, sem saúde, aí não vai ter jeito. Uma criança sem comida, sem saúde e sem escola, o que vai ser do Brasil?”.

Num outro momento, uma pessoa da plateia quis fazer uma pergunta para Bolsonaro e o chamou de “pilantra”, sob aplausos de todos presentes. “Será que a família dele [Bolsonaro] tem alegria? Não tem. Sou mais ser uma feliz assim que nem eu, do que desse jeito dele”. “Um político tem que aguentar essas questões”, rebateu o deputado, chateado.

No fim do vespertino, depois de vários bate-bocas, Christina desabafou: “A gente sempre tem que dar uma segunda chance a quem errou, nunca devemos jogar uma primeira pedra, porque um dia a gente pode errar também. Agora, injustiça sempre vai ter. Vamos juntar para que nós unidos façamos um Brasil muito melhor”.

Assista ao episódio marcante na vida do atual presidente da República:

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos