Olavo de Carvalho
Olavo de Carvalho detonou Alexandre Frota em rede social (Imagem: Reprodução / YouTube)

Olavo de Carvalho partiu para a briga contra Alexandre Frota (PSL/SP) após uma manifestação do deputado federal detonando as atitudes do astrólogo em conjunto com a chamada ala olavista, comandada pelos filhos do presidente Jair Bolsonaro.

No Twitter, Olavo detonou o ex-ator pornô e o chamou de “Fruta”. Na postagem, o veterano afirmou que Alexandre fez carreira artística mostrando as suas partes íntimas e que isso continua no Congresso Nacional.

Olavo escreveu: “O Alexandre Fruta fez carreira no teatro mostrando pinto e cu. Na atividade parlamentar, para alívio geral, mostra só o cu”. Fãs do guru do novo governo aproveitaram o momento e atacaram o famoso, chamando-o de “traidor”.

O embate começou quando o político pediu para o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, enviasse um míssil para a Virgínia, nos Estados Unidos. Olavo de Carvalho mora na cidade de Richmond, no estado norte-americano.

O post do deputado fez referência à afirmação de Witzel sobre enviar um míssil para a Cidade de Deus, no Rio, com intenção de matar os “vagabundos bandidos” e acabar com o tráfico.

Confira:

Lula critica Bolsonaro, lembra facada, cita a Globo e caso Neymar

Lula fez duras críticas a Jair Bolsonaro, ao vazamento de conversas entre o atual ministro da Justiça Sergio Moro com o coordenador da Lava Jato Deltan Dallagnol, à Globo e até sobre o caso em que Neymar Jr foi acusado de estupro.

Contra Bolsonaro, o petista destacou que “o país pariu essa coisa chamada Bolsonaro”, como resultado da sua ausência nas últimas duas eleições. Na ocasião, Lula lembrou da facada que vitimou o atual presidente, durante uma passeata em Juiz de Fora (MG), durante a corrida presidencial.

De acordo com Lula, “aquela facada tem uma coisa muito estranha, uma facada que não aparece sangue, que o cara é protegido pelos seguranças do Bolsonaro”, argumentou aos jornalistas Juca Kfouri e da José Trajano da TVT. O político preso respondeu sobre o resultado das eleições a favor de Bolsonaro como forma de vingança contra o PT. “Alguém que se sentiu traído pelo PT não poderia ter votado no Bolsonaro. Se o cara se sentiu traído, poderia ter votado em coisa melhor, o Boulos foi candidato, o Ciro, embora não mereça porque é muito grosseiro, foi candidato”, disparou.

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!