Onda de demissões chega ao alto escalão do Fox Sports

Marcio Moron, general manager do Fox Sports foi demitido nesta segunda-feira (30) (Imagem: Reprodução / EBC)

Em meio ao processo de desmanche do Fox Sports, a Disney passou a implantar uma onda de demissões no canal esportivo. Os desligamentos do seu pessoal tem sido cada vez mais frequentes e tem causado tumulto dentro da emissora que pretende desocupar a sua sede no Rio de Janeiro.

Em uma reunião realizada no canal na última segunda-feira (30) foi anunciado a demissão de Marcio Moron – general manager, Paula Young, diretora artística e Luis Santos, VP de engenharia.

Um dos demitidos, Moron, por exemplo, trabalhava na empresa desde o começo do canal, há 9 anos. Ele é reconhecido como um dos que mais já trabalhou para a construção do canal. Moron esteve sempre ao lado de Eduardo Zebini em seu trabalho no Fox Sports. 

Muita gente aponta que as medidas da Disney, como demissões e extinção de vários programas seriam uma forma de levar o canal esportivo ao seu fim, caminho apontado por muita gente como o objetivo da nova dona.    

A Disney chegou a confirmar as demissões, e ainda emitiu um comunicado falando sobre sua decisão. Na nota a empresa fala sobre processo de transformação, e ainda afirma que a reformulação faz parte do planejamento.

“Nosso pilar de esportes está passando por um processo de transformação para oferecer um conteúdo ainda mais variado e qualificado para a audiência do Brasil. A reformulação faz parte do planejamento da Companhia que seguirá investindo em sua programação esportiva, contando com um extenso portfólio de direitos, além de uma equipe de jornalismo referência junto aos fãs de esportes”, diz a nota emitida pela Disney.

A Disney conseguiu junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), a fusão da Fox Sports com a ESPN. Com isso, a Disney tem de forma silenciosa diminuído as operações do canal no Brasil. Dentre as medidas já adotadas temos a migração da parte digital da Fox para a ESPN, e programas tidos como carro-chefe, dentre eles, o Central Fox, que acabaram chegando ao fim.

O Cade ainda determinou que a Disney mantenha a Fox Sports até o dia 31 de dezembro de 2021. Depois desta data, a Disney poderá devolver a marca ao mercado.

Veja mais ›