Órgão da ONU não confirma contato da Globo sobre família de Kaysar
Kaysar sempre falou do objetivo de trazer familiares para o Brasil (Imagem: Reprodução / BBB)

A final do “Big Brother Brasil 2018”, da Globo, ficou marcada por vários momentos especiais. Entre eles, a notícia dada por Tiago Leifert a Kaysar Dadour de que a Organização das Nações Unidas (ONU) ajudaria a trazer família do ex-BBB da Síria.

O sírio, vale lembrar, veio ao Brasil como refugiado em 2014, escapando da guerra civil que assola o país, deixando os pais na região. Dentro do programa, ele sempre falou sobre o objetivo de trazer a família.

Nesta sexta-feira (20), no “Vídeo Show”, Leifert explicou a conversa que teve com Kaysar e baixou o tom sobre o assunto: “A ONU não vai entrar lá [na Síria] falando ‘cadê a família do Kaysar?’, não é isso. Ela é uma organização humanitária que consegue responder às perguntas que ele tem”.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), órgão da ONU que cuida desses assuntos, foi procurado pelo “Estadão” e afirmou que a Globo não entrou em contato para falar sobre as tratativas de trazer os pais de Kaysar ao Brasil. Ele ainda pontuou que o processo de reunião familiar é complexo e definido em lei.

Saiba Mais:

Boninho lamenta fim do BBB18: “Sofrendo de abstinência”

BBB18: Tiago Leifert imita apresentadores da concorrência e surpreende web

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!