Pabllo Vittar desabafa sobre fake news e revela planos adiados

Pabllo Vittar
Pabllo Vittar desabafou sobre fake news que envolvem seu nome (Imagem: Reprodução / Instagram)

Alvo de inúmeras fake news desde que ganhou ascensão na mídia, Pabllo Vittar desabafou, em entrevista ao jornal Estadão, sobre as notícias falsas que tem seu nome envolvido, compartilhadas sobretudo em grupos de extrema direita. Para a drag queen, ela acaba incomodando esse público pelo desconhecimento.

“Quando a pessoa é muito conservadora e ela acredita nessa postura, meu amor, ela não pode ver ninguém com autenticidade, conseguindo fazer sucesso, sendo diferente, levantando questionamentos na sociedade… A pessoa simplesmente não quer ver, não aceita. É a mesma coisa que falar pra mim que não existe transfobia no Brasil, que é o País que mais mata as pessoas da comunidade. Para eles isso não existe porque não é da vivência deles, e quando eles veem uma pessoa que levanta esse tipo de questionamento, atacam porque não se alinha com o que eles querem, é óbvio”, afirmou ela.

A cantora acredita que, por fazer parte de uma minoria social, os preconceituosos acabam se incomodando com o seu sucesso. “Para muita gente pessoas assim como eu, gays, não podem fazer sucesso. Drag queens fazendo sucesso? Nunca. Jamais. Entendeu? Eu acho que isso é o ponto que mais incomoda a eles. Mas eu costumo falar que sou igual massa de pão, quanto mais batem, mais eu cresço. Então, podem continuar batendo”, disparou.

Em isolamento social com a família na cidade de Uberlândia (MG), a artista falou como tem passado pela pandemia. “A gente passa mais tempo junto com a família. Eu amo minha mamãe, amo minhas irmãs e ano passado foi um dos anos em que eu mais viajei pra fazer shows. A gente tem se divertido bastante juntos”, confidenciou.

Com as suas participações em festivais internacionais canceladas, Pabllo freou os planos de iniciar uma carreira fora do Brasil, processo que ela acredita que ainda vai demorar para realizar.

“No meu caso acho que não vai acontecer tão cedo. Quando eu faço música com uma pegada internacional, sempre coloco ela misturada com quem eu sou de verdade. Eu já estava trabalhando em músicas para que os fãs pudessem cantar junto. A minha ideia de fazer músicas em espanhol e inglês era só para que eles pudessem cantar junto. Sou eu e acho que vou continuar sendo eu em qualquer lugar do mundo em que eu esteja”, explicou.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.