Partidos vão atrás da Globo por debates e emissora tem postura firme

Globo
Globo tem ouvido opiniões de candidatos sobre debate (Imagem: Divulgação / Globo)

A Globo está com uma postura firme em relação aos debates e sabatinas para o primeiro turno das eleições municipais. Mesmo assim, parlamentares e candidatos de nove partidos seguem tentando de um tudo para mudar a posição da emissora.

Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, alguns representantes se reuniram com Paulo Tonet, vice-presidente da Globo, nesta terça (6), para pedir que o canal carioca reconsidere a decisão.

Os parlamentares e candidatos alegam que a realização de debate com todos os candidatos é essencial para a democracia. No entanto, a chance da emissora atender ao pleito é considerada pequena.

O encontro aconteceu por iniciativa das deputadas Sâmia Bonfim e Fernanda Melchiona, do PSOL, e contou com representantes de partidos da esquerda e da direita. O tom foi bem amigável e elogiado pelo vice-presidente da Globo.

Cabe lembrar que a emissora decidiu que limitará para quatro o número de candidatos que participarão dos debates organizados pela emissora na eleição municipal de 2020.

Em comunicado interno, a TV líder de audiência declarou que o critério para a escolha dos convidados será a posição na pesquisa eleitoral mais recente (Ibope ou Datafolha).

“No planejamento para cobrir as eleições municipais, acreditou-se que o país chegaria a outubro com taxas de contágio sob controle, o que, infelizmente, não ocorrerá”, afirmou um comunicado da empresa.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.