Paulo Vieira fala sobre pressão pela magreza e cita cantores sertanejos

Paulo Vieira
Paulo Vieira criticou pressão estética (Imagem: Divulgação)

Humorista, Paulo Vieira tirou um tempo para fazer uma reflexão séria no Instagram. Na postagem, o ator criticou a pressão pela magreza que existe no meio artístico.

Sem citar nomes, Paulo se referiu ainda ao cantores sertanejos, que após um tempo de carreira, aparecem magros.

Tava vendo aqui o emagrecimento da galera do sertanejo… Pessoal chega com um discurso de aceitação e vai ‘melhorando’ a cada disco novo… A verdade é que o mercado exige que a pessoa fique magra“, disse Vieira.

Não tô julgando ninguém não, sei que não é fácil aguentar a pressão. E quando digo ‘mercado’ é como um todo: TV inclusive e principalmente”, explicou.

Na publicação, Paulo ainda respondeu um internauta que comentou que, no humor, costumam dizer que os artistas que emagrecem perdem a graça: “Mas se tiver gordo não faz comercial… (Que é onde o dinheiro da televisão está)“, afirmou o humorista.

Político defende Luciano Huck como candidato

A decisão de tornar Luciano Huck um potencial candidato à presidência da República, segundo o ex-deputado, ex-senador e ex-ministro Roberto Freire, não foi do dia para a noite. Para o político, o apresentador já era um agente político antes de se interessar pela candidatura.

Em entrevista à Folha de S. Paulo, o veterano, líder do Cidadania (antigo PPS), reiterou que Huck tem chances de unir o chamado centro político no pleito de 2022. “Ele tem mostrado muita capacidade política, de se relacionar, de dialogar. Está se revelando um bom articulador”, disse, entusiasmado.

Ex-comunista, Freire comanda uma sigla que reúne liberais, sociais-democratas e neófitos. “No Cidadania, os movimentos ajudaram a construir o novo estatuto. Não tenho que entendê-los como algo estranho”, afirmou ele, que nega que o fato de o partido atrair movimentos como chamariz para a filiação do global.

“Luciano é talvez a liderança maior desses movimentos. E não é de agora. Ele nos procurou para conversar em 2017. A partir daí surgiu a possibilidade de ele ser candidato. Só que era uma coisa ainda muito embrionária. Ele tinha que decidir rapidamente. Não deu tempo para a gente organizar isso”, revelou.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

ALERTAS GRATUITOS