Personal trainer posa de sunga e é confundido com Padre Fábio de Melo

Fábio de Melo
Personal trainer foi confundido com Padre Fábio de Melo (Imagem: Reprodução / Instagram)

Nos últimos dias, uma foto de um homem de sunga vermelha tem feito muita gente acreditar estar vendo um clique do Padre Fábio de Melo, entretanto, um detalhe deixa claro que não se trata do religioso.

Na imagem, o rapaz que está de cabeça baixa, tem uma frase tatuada na perna, coisa que o padre não tem.

Segundo a coluna de Fábia Oliveira, do jornal O Dia, o registro é do personal trainer Leandro Ferreira. Em entrevista, o goiano, de 28 anos, revelou surpresa com a confusão.

Fiquei muito surpreso, confesso que não esperava! Eu, no começo, fiquei assustado com as pessoas que me seguem em rede sociais, me mandando prints e fotos da minha foto viralizando em grupos, falando que era o Padre Fábio!“, contou o personal.

Após ficar “famoso” do dia para noite, Ferreira revelou não ligar para a exposição: “Eu levei na esportiva, achei engraçado! Afinal, quem não quer parecer com o padre Fábio de Melo? Na verdade, não me acho muito parecido com ele não, talvez a barba, o cabelo! (Risos). Algumas pessoas já tinham mencionado que eu lembrava o padre“.

Padre Fábio de Melo abre o jogo e fala sobre saída do Twitter

Conhecido por ser ativo nas redes sociais, Padre Fábio de Melo segue afastado do Twitter. Na madrugada deste domingo (15), o religioso contou durante sua participação no “Altas Horas”, da Globo, o motivo de ter abandonado seu perfil há mais de um mês

Eu vivo uma recuperação de um processo depressivo e sei que tenho alguns gatilhos que preciso evitar. Às vezes, as redes sociais servem como um gatilho do mal-estar“, explicou o Padre.

Eu apaguei o aplicativo para não ter a tentação de entrar, mas estava pesado, então achei bom tirar umas férias do Twitter. As redes sociais oportunizam o protagonismo, tudo mundo tem o direito de dizer o que pensa. E quando tem um grupo que se coloca em oposição ao que você disse, essa oposição é uma coisa muito cruel, desumana“, acrescentou.

Ainda em tempo, Melo revelou que as opiniões divergentes são boas para o convívio. “Fui professor universitário durante anos e aprendi que a conversa é a verdade. Eu preciso estar diante de quem pensa diferente de mim, sobretudo para eu chegar as conclusões ou então mudar de ideia.”

“Infelizmente, nem sempre isso é possível. Ou porque de fato as pessoas não entenderam o que você disse e não conseguem fazer a leitura da ironia, da brincadeira. Ou então elas são mal-intencionadas mesmo, não querem entender o que foi dito“, completou o religioso.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›