Najila
Najila garante que perdeu celular com supostas provas de acusação (Imagem: Reprodução / Record)

A busca pelo celular de Najila Trindade segue à todo vapor. A polícia até montou uma estratégia para encontrar o telefone da modelo que acusa Neymar de estupro e agressão. No aparelho estaria o vídeo completo da gravação feita por ela no segundo encontro com o jogador em Paris, na França.

Segundo informações do UOL Esporte, a 6ª DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), em São Paulo, ouviu Fabiano Bernardo, que é amigo de Najila, e o ex-advogado dela, Danilo Garcia de Andrade. Eles foram interrogados sobre o paradeiro do celular.

Cabe lembrar que a modelo contou em depoimento que teria esquecido o aparelho no carro de seu ex-representante ou na casa de Fabiano, onde estava hospedada, no dia de seu depoimento no dia 7 de junho.

A publicação descobriu que a polícia questionou o amigo da acusadora se ele tinha informações sobre o dispositivo. Já para Danilo foi perguntado se ele tinha conhecimento sobre o paradeiro do celular, se o tinha visto ou se alguma vez Najila se queixou de ter perdido o equipamento.

Danilo Garcia de Andrade voltou a dizer que não esteve com o tablet ou com o telefone que a única vez em que Najila esteve em seu carro foi no dia 5 de junho, data em que deu uma entrevista para o SBT em seu escritório.

“É impossível esse aparelho estar no meu carro. No dia que ela prestou depoimento, ela chegou e saiu da delegacia em uma viatura e isso foi registrado por toda a imprensa. A única hipótese de esse telefone ter estado no meu carro é ela ser um ser divino que pudesse ter se desdobrado no tempo e no espaço”, contou o advogado ao UOL.