Presidente do PT se enfurece após Ana Hickmann perder para Alexandre Correa na Justiça

Ana Hickmann
Ana Hickmann recebe o apoio de Gleisi Hoffmann, presidente do PT (Imagem: Reprodução / Record)

Numa publicação no X (antigo Twitter) nesta quarta-feira (29), Gleisi Hoffmann, presidente do PT, saiu em apoio a Ana Hickmann e detonou a Justiça em meio ao entendimento de um juiz a respeito do divórcio da famosa com Alexandre Correa.

Em desabafo, a parlamentar cotada para o Ministério da Justiça e Segurança Pública lembrou o público que Ana pediu o divórcio com base na Lei Maria da Penha e mesmo depois da agressão sofrida pelo marido, teve o pedido negado.

Hoffmann explicou que o caso foi parar na Vara de Família e não será tratado pela lei como violência doméstica. “Não interessa se ela sofreu uma ou mais agressões, e ainda tem a violência moral e psicológica relatada por ela”, advertiu.

Gleisi questionou quantas mulheres não passaram pela mesma situação que Ana Hickmann. “Que absurdo é esse? Tem uma lei para proteger as mulheres e a Justiça não usa? Não dá para ser assim”, argumentou.

Justiça diz “não” a Ana Hickmann em ação contra o marido

A Justiça descartou o uso da Lei Maria da Penha para o processo de divórcio de Ana Hickmann e Alexandre Correa. Vale lembrar que a apresentadora da Record acusou o marido de agressão no dia 11 deste mês.

Em entrevista ao Domingo Espetacular, a comunicadora expôs que enfrentou outras agressões verbais e psicológicas do companheiro ao longo dos 25 anos de casamento. Nos últimos tempos, a situação ficou insustentável.

Confira:

Ana Hickmann
Ana Hickmann é alvo de Gleisi Hoffmann, presidente do PT (Imagem: Reprodução / Twitter)

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].