Preso após perseguição, Felipe Titto conta versão de como tudo aconteceu

Felipe Titto
Felipe Titto foi parar na delegacia após perseguição; ator conta detalhes (Imagem: Reprodução / Instagram)

No início do mês, Felipe Titto acabou indo parar na delegacia após abordar um homem que abandou um cachorro na rodovia. O ator chegou a passar cinco horas detido no Rio Grande do Sul e teve que prestar esclarecimentos à polícia sobre a perseguição ao rapaz.

Em relato ao podcast Podpah, o artista detalhou como tudo aconteceu: “Fui atrás (do cachorro). Meu sócio já ligando para as viaturas: “Ó, tem um cachorro aqui na avenida e tal”. E o bicho perdido. E eu atrás dele (do homem que abandonou o cão). E desembocou na viatura da polícia. Abandonar bicho, maltratar bicho, é crime. Faz com gente mas não faz com bicho. Tenho cinco cachorros em casa, adoro bicho. Não tem como. Bicho é f*** demais. Colei na polícia. Queria grudar o bicho”, disse.

Em seguida, Titto relembrou como a polêmica iniciou: “Falei: “Velho, o cara acabou de abandonar o cachorro”. Aí veio a polícia, um Sargentão Pincel, assim: “Está fazendo muito barulho!” (…) Esse que chegou gigante nem apavorou tanto. Só que chegou outra viatura com dois caras. Esses é que encasquetaram. Um perguntou meu nome. E eu: “E o seu nome, qual é? Eu te falei meu nome com toda a educação do mundo. Agora quero saber o seu nome”. E ele não falou nada. Na segunda vez que eu perguntei, ele disse: “Você não sabe ler?” Assim, velho. Aí olhei para o meu sócio: “Na moral, me dá meu telefone aí. Esse bagulho não está me descendo redondo, não“”.

Após a declaração do artista, o policial não gostou do embate e deu voz de prisão. Sem hesitar, mesmo irritado, Felipe atendeu ao pedido do agente, foi algemado e colocado no porta-mala da viatura.

Até chegar à delegacia, ninguém sabia quem ele era: “Eu estava de máscara, de jaco (de casaco)… Ele não tinha visto, não sabia que era eu. Aí quando ele me jogou no porta-mala, eu falei: “Mano, deixa eu te falar um bagulho antes demais nada: você tem certeza que vai fazer isso?” Você tem certeza que vai fazer essa presepada mesmo?” Aí fiquei no chiqueiro do Palio Weekend ali atrás. Aí fui no Corpo de Delito, saí de lá e cheguei à delegacia.. Tudo algemado”, contou.

Quando foi dar o depoimento, ele afirmou: “Até agora, minha ideia não era f*** com ninguém. O cara estava largando um cachorro na rodovia. Agora, você queria furdúncio e arrumou. Segura que agora vai vir avalanche para você“.

Em seguida, ele acabou sendo liberado, assim como o rapaz que abandou o animal na rodovia. O ator decidiu postar Stories no Instagram falando sobre o assunto após ter saído algumas notícias falsas na imprensa local.

Pensa num bagulho doido: “Nós branco (sic), tenho dinheiro, sou famoso, bonitinho, cara de playboy… E o cara me algemou e me jogou no porta-mala de um carro! Imagina o preto, pobre, favelado, mal vestido porque não tem grana para comprar, sem instrução, não sabe o direito dele (…) Aqui em Sampa os polícia (sic) me param, quando param: “Ô, cara, manda foto para o meu filho, manda vídeo para a minha mulher”. Eu sou zero o cara que vai falar mal da polícia porque é maior trampo veneno também. “Ah, porque os caras chegam gritando” (…) Tem que chegar mesmo e está tudo certo. Se der m*** você vai ligar para a polícia”, pontuou.

Elson BarbosaElson Barbosa
Jornalista, encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @ellsonbarbosa
Veja mais ›