Preta Gil detona Bolsonaro em rede social e adere à campanha

Foto: Felipe Souto Maior
Preta Gil publica textão contra Jair Bolsonaro (Imagem: Reprodução)

Preta Gil fez diferente dos outros artistas que estão aderindo ao movimento #EleNão contra o candidato à presidência da República Jair Bolsonaro.

A cantora não foi contra a ação, pelo contrário. Preta compartilhou um vídeo de sete anos em que ela participa de uma sabatina com Bolsonaro, em que ele já revela seu discurso político.

No vídeo, o ex-capitão também é entrevistado por Danilo Gentili, na época em que ele comandava um talk show e era repórter do “CQC”, da Band.

Primeiramente, Gil disse que não precisava ser desafiada para falar o que pensa sobre Bolsonaro. “Não preciso ser desafiada para falar o que já é óbvio, público e notório há sete anos, parece até que se esqueceram desses vídeos, pode até ter edição, mas a intenção de me agredir não teve. Não tem como eu apoiar um candidato que fez agressões gratuitas, calúnias e difamações a mim, a minha família e a tantos outros”, relembra ela, que afirmou já ter sido vilipendiada.

Eu já senti na pele a fúria do mesmo e de seus eleitores, e não me intimidei, nem entrei no jogo da violência, segui sendo quem eu sou, lutando pelos meus ideais com amor e respeito e defendendo o que considero certo sem precisar ofender ninguém. Não me sinto no direito de desafiar ninguém a declarar repúdio ou apoio a ninguém, cada pessoa se posiciona ou não, por livre e espontânea vontade e deve ser respeitada”, declarou a cantora.

Em seguida, a filha de Gilberto Gil desabafou ao contar que está há sete anos no movimento que só ganhou repercussão com o #EleNão. “Sou ele não há 7 anos”, escreveu ela em hashtag. “Sei que está difícil, que estamos cansados, mas não podemos deixar o ódio dominar nossas vidas. Vote em quem quiser, mas não agrida ninguém, não ameace as pessoas, isso não está certo. Sigo aqui na paz lutando por mim e por todos e todas que são diariamente atacados por discursos e atitudes racistas, homofóbicas e machistas!”, completou a intérprete, finalizando com um recado aos que a xingaram por não ter se manifestado antes.

Vocês que me cobraram posicionamento esses dias, que me xingaram e que me ameaçaram… vocês não me conhecem, já meus fãs conhecem meu caráter e minha índole, eles não me cobram e não me julgam, eles me apoiam!”, finalizou.

Você é muito incrível! Sou sua fã”, escreveu a atriz Camilla Camargo nos comentários. Taís Araújo também se manifestou. “Te amo, irmã! Juntas sempre!”, disse. Já Samantha Schmutz comentou com a hashtag símbolo do movimento.

Colega de cena de Samantha na série “Vai Que Cola”, Cacau Protásio engrossou o protesto. “Faço das suas palavras as minhas! É isso aí: paz no mundo”, declarou. Glória Pires também aprovou as palavras de Preta Gil com emojis de palmas, coração e arco-íris.

http://www.instagram.com/p/BoO7qCLBYJt

Saiba Mais:

Alinne Moraes entra no movimento #EleNão e alfineta filho de Bolsonaro

Ludmilla apaga tuíte, mas web não perdoa e aponta indireta para Pabllo Vittar

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›